Gabigol
Divulgação
Gabigol

Muitas são as teorias para tentar explicar a crise interminável do Flamengo após a saída de Jorge Jesus . A principal delas é que o grupo não está mais unido como era na época do técnico português.

Porém, após jogadores como Diego Ribas, Diego Alves, Rodrigo Caio e Filipe Luis negarem a existência de "panelas" no elenco, agora foi a vez do artilheiro Gabigol .

Em coletiva, o atacante foi perguntado sobre o tema e deu risada. "Não existe isso. Claro que num grupo de 27, 30 (jogadores), mais aqui no CT, sei lá, 50 pessoas trabalhando diariamente, ter afinidade com alguma pessoa é normal. Mas aqui dentro do clube, que são praticamente os mesmos jogadores que ganharam em 2019, não tinha panela. Quando perde, tem?", questionou.

O atacante também lembrou da manutenção de boa parte do elenco campeão de praticamente tudo em 2019. "É uma loucura muito grande que está sendo criada. Mas como eu falei, dá ibope, é o Flamengo, tem jogadores grandes envolvidos. É normal que falem. Mas não existe. Do grupo que foi campeão, não estão mais dois ou três, então não tem porque ter panela. Isso não existe e é realmente muito engraçado", voltando a rir.

O Flamengo volta a campo para tentar encerrar a má fase, na segunda-feira, às 20 horas, diante do Goiás.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários