Lance

Caio não concorda com reação de Diniz
Reprodução/São Paulo
Caio não concorda com reação de Diniz

O volante Tchê Tchê foi o principal personagem da derrota do São Paulo para o Bragantino por 4 a 2, na noite desta última quarta-feira, em jogo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador marcou o primeiro gol do Tricolor na partida,  mas se envolveu em um bate-boca com o técnico Fernando Diniz no primeiro tempo e foi expulso no início da etapa final.

Irritado com a atuação da equipe, que levou quatro gols no primeiro tempo, o técnico Fernando Diniz se irritou com o volante Tchê Tchê. Na discussão, Diniz chamou o jogador de "ingrato", "perninha" e "mascaradinho". No programa 'Globo Esporte' de São Paulo, desta quinta-feira, o comentarista Caio Ribeiro criticou o treinador e afirmou que ele "passou do limite". 

- Claro que passou do ponto. Do que eu conheço o Diniz, ele já deve ter pedido desculpas ou vai pedir na reapresentação. Essa discussão acontece, às vezes no calor da partida, muitas vezes no vestiário. Mas passou do limite. Não pode a relação entre jogador e treinador chegar da maneira como foi feita a discussão - disse Caio.

Apesar da derrota, o São Paulo segue na liderança do Campeonato Brasileiro com 56 pontos. O líder volta à campo no próximo domingo, dia 10, contra o Santos, às 16h (de Brasília), no Morumbi, pela 29ª rodada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários