Cárcere Privado
Polícia Civil
Cárcere Privado

Treze menores que eram mantidos em cárcere privado em um sítio em Xerém, na Baixada Fluminense, foram libertados na manhã desta terça-feira por policiais da 61ª DP (Xerém). Na ação, Jorge Valnei dos Santos foi preso em flagrante acusado de crimes de cárcere privado, estelionato e supressão de documentos.

Segundo informações da polícia, os adolescentes vieram de vários estados, encaminhados pelos pais, com a promessa de que seriam inseridos em grandes times do futebol carioca após receberem treinamento. Os pais dos menores pagavam R$ 500 achando que os filhos teriam uma preparação para jogar futebol no Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com informações da polícia, foi constatado que os meninos permaneciam trancados em alojamentos que não possuía qualquer proteção contra incêndio e tinha pousa iluminação. Os menores não possuíam livre acesso aos familiares, com os quais mantinham um contato “controlado”. Eles também não tinham acesso aos próprios documentos.

Os adolescentes encontrados no sítio prestam depoimento na delegacia e serão acolhidos pelo Fluminense, sediado também em Xerém. O clube vai fornecer abrigo aos menores e a chance de inserí-los em outras equipes com os testes que acontecem em sua sede.

O Fluminense vai ainda realizar testagem para Covid-19 e auxílio psicológico e médico aos meninos, enquanto o contato com as famílias está sendo feito pelo Conselho Tutelar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários