Bruno Felipe
Instagram
Bruno Felipe

O atacante brasileiro Bruno Felipe , o zagueiro português Rúben Semedo e o meio-campista sérvio Lazar Randelovic foram multados pelo Olympiacos da Grécia por violar o isolamento social.

Os três jogadores participaram de uma festa na noite do domingo, ignorando as medidas restritivas na Grécia em razão do novo coronavírus. Uma mulher de 24 anos foi presa por organizar o evento e multada em três mil euros (R$ 18 mil). Os participantes da festa, entre eles, Bruno Felipe, também foram punidos e terão de pagar 300 euros (R$ 1.800) por não terem usado a máscara de proteção.

Internamente, segundo o clube grego, os três serão multados na “quantia máxima” permitida pelo regulamento e o dinheiro será doado ao serviço de nacional de saúde do país.

“Não respeitar as limitações impostas à nossa equipe por este motivo é inaceitável”, afirmou o clube, que pediu para os atletas se desculparem pela conduta.

A festa contava com cerca de 30 pessoas, e se tratava de um evento privado em um hotel no centro de Atenas, o que viola o lockdown de três semanas imposto na Grécia desde o último sábado e que proíbe aglomerações no país.

O porta-voz do governo, Stelios Petsas, ressaltou que a festa é um exemplo de “comportamento irresponsável” em um momento em que a Grécia continua a registrar aumento nos casos de coronavírus.

Bruno Felipe nunca jogou profissionalmente no Brasil. Por aqui, ele jogava na várzea, até chegar no LASK Linz, da Áustria. Após meia temporada, ele foi para o Atromitos, da Grécia, no começo de 2018 e ajudou a equipe a chegar na quarta posição da Liga Grega, sendo contratado pelo Olympiacos.

Há cerca de seis anos, o meia-atacante conciliava a pesada rotina diária de gari – das 5h às 13h – no terminal terrestre da Petrobras, na cidade de Barueri, com os treinos no futebol amador e o supletivo para terminar o ensino médio.

    Veja Também

      Mostrar mais