Lance

Torrent
O Dia
Torrent

Domènec Torrent não resistiu à segunda goleada consecutiva no Campeonato Brasileiro e, nesta segunda-feira, foi demitido do Flamengo . Foram 26 partidas, 64% de aproveitamento e 99 dias do catalão sob o comando do Rubro-Negro. E, lá na Espanha, a imprensa tem repercutido a saída com um certo destaque.

De Barcelona, o jornal "Mundo Deportivo" destacou que a "aventura" do catalão no futebol brasileiro terminou de "maneira abrupta", além de realçar que as derrotas acachapantes para São Paulo e Atlético-MG, nos dois últimos fins de semana, foram cruciais para a interrupção do trabalho. 

Ainda na Catalunha, o "Sport" salienta que o ex-auxiliar de Pep Guardiola "sempre foi muito questionado por uma torcida intransigente e muito mal acostumada, que queria vê-lo, desde o primeiro dia, no Aeroporto Internacional do Galeão".

O jornal "As", de Madri, por sua vez, lembrou a marcante passagem de Jorge Jesus, sublinhando que Domènec Torrent "não convenceu à diretoria e à torcida, que pedia sua cabeça há várias semanas".

- O técnico espanhol não conseguiu fazer esquecer Jorge Jesus e apesar de ocupar a terceira posição do Brasileirão, a um ponto do Internacional, líder da tabela, não convenceu à diretoria e à torcida, que pedia sua cabeça há várias semanas - escreveu o veículo da capital espanhola.

Agora, o Flamengo foca na contratação de Rogério Ceni para substituir Domènec Torrent. Já houve conversa entre as diretorias, já que o atual técnico do Fortaleza sinalizou positivamente para o possível acerto com o Rubro-Negro.

    Veja Também

      Mostrar mais