Lance

undefined
Futebol Latino
Grêmio vence (de novo) pela contagem mínima o Juventude e continua na Copa do Brasil


Novamente, o Grêmio não conseguiu ampla dominância sobre o Juventude, mas conseguiu, dentro de sua eficiência, bater novamente o time do interior gaúcho por 1 a 0, dessa vez marcando com Thaciano. Com o resultado no confronto disputado no Alfredo Jaconi, o Tricolor avançou as quartas da Copa do Brasil e saberá quem vai ser seu oponente na próxima sexta-feira (6) em sorteio programado para ocorrer às 11h30 na CBF.

JU AVANÇADO

Os primeiros minutos de jogo mostraram o Ju com uma maior dedicação tática e também de postura no sentido de conseguir ter mais posse no campo de ataque onde, além de estar mais próximo do gol defendido por Vanderlei não deixava com que o Tricolor exercesse o seu conhecido domínio técnico na troca de passes que envolve o adversário. Entretanto, dentro dessa tônica, faltava com que o Alviverde de Caxias do Sul conseguisse transformar a sua posse em finalizações mais agudas, deixando a sua presença à frente mais em caráter territorial do que efetivamente em volume de jogo com chances claras.

MELHORA TRICOLOR

Da metade para o fim da etapa inicial, o encaixe de marcação e também na movimentação do Grêmio melhor consideravelmente, formulando pelo menos duas oportunidades evidentes de abertura do placar. Na primeira, Ferreira foi lançado em velocidade e acabou batendo em cima de Marcelo Carné e, na segunda, Diego Souza recebeu bola defendida por Carné e, com o arqueiro do Juventude fora do gol, só não marcou porque Nery Bareiro colocou o corpo à frente e evitou o claro tento gremista.

PAPO VOLTOU NA PRESSÃO, MAS...

Além de conseguir novamente ocupar o sistema de retaguarda do Grêmio (fazendo o Tricolor colocar suas linhas mais retraídas e concentradas em proteção), o Juventude melhorou o aproveitamento em finalizações que pouco conseguia exercer na primeira metade da etapa inicial e assustou bastante o gol de Vanderlei tanto no chute forte de Neto defendido como na bola insinuante vinda da lateral direita onde a batida de Igor beliscou o travessão gremista.

Entretanto, se do lado do Alviverde o ataque criava, mas não capitalizava, os comandados de Renato Portaluppi conseguiram o feito em uma das raras chegadas ofensivas na etapa complementar. Diego Souza recebeu passe de Cortez no lado esquerdo e serviu, com um cruzamento, o meio-campista Thaciano que testou vencendo Marcelo Carné.

TÃO TRANQUILIZADOR COMO ABALADOR

O efeito anímico (e até mesmo tático e técnico) do gol marcado pelo time visitante podia se notar claramente no confronto onde o Grêmio cresceu muito na partida e ele passou de equipe acuada a responsável por ditar o ritmo do confronto. Passando, inclusive, muito perto de deixar a dianteira ainda mais confortável quando Jean Pyerre e Diego Souza pararam em intervenções espetaculares de Carné.

Todavia, o marcador na Serra Gaúcha teimou em não se alterar e o apito final do experiente árbitro Marcelo de Lima Henrique decretou a classificação do Imortal na busca pelo hexacampeonato da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
JUVENTUDE 0 x 1 GRÊMIO

Local: Estádio Alfredo Jaconi, Caxias do Sul (RS)
Data e hora: 05/11/2020 - 21h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia e Luiz Claudio Regazone (ambos RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões amarelos: Dalberto (JUV); Maicon (GRE)
Cartões vermelhos: -
Gols: Thaciano (24'/2°T)

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Igor, Wellington, Nery Bareiro e Eltinho; Bochecha (Gabriel Bispo, aos 33'/2°T), João Paulo (Jonatas Belusso, aos 27'/2°T) e Neto; Dalberto (Marciel, aos 21'/2°T), Breno e Rafael Silva (Carlos Eduardo, aos 33'/2°T). Técnico: Pintado.

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann e Cortez; Matheus Henrique (Everton, aos 39'/2°T), Maicon (Lucas Silva, aos 40'/2°T) e Isaque (Thaciano, no intervalo); Ferreira (Jean Pyerre, aos 22'/2°T), Pepê e Diego Souza (Churín, aos 39'/2°T). Técnico: Renato Portaluppi.

    Veja Também

      Mostrar mais