Lance

Martín Benítez
Rafael Ribeiro / Vasco
Martín Benítez


Está bem próximo. O Vasco aguarda, para os próximos dias, um aporte financeiro relevante cair na conta do clube. A partir dele, os salários em atraso seriam quitados e a compra de Martín Benítez teria grande garantia de conclusão. Na última quarta-feira, as diretorias do Cruz-Maltino e do Independiente (ARG) chegaram a um acordo.


Atualmente, os funcionários têm dois meses a receber. Já os jogadores têm a receber um mês de salário, um de direitos de imagem e também um do acordo pelas dívidas mais antigas.

Já Benítez foi contratado por empréstimo até dezembro, antes do início da pandemia de Covid-19. Com a paralisação do calendário do futebol, o Cruz-Maltino se viu obrigado a comprar o principal articulador para garanti-lo, minimamente, até o fim da temporada. Naturalmente, o novo vínculo do meia será mais duradouro.

Os salários atrasados são uma realidade de anos no Vasco . Funcionários e jogadores chegaram a ter três meses em aberto, mas a situação foi minimizada nos últimos meses.

    Veja Também

      Mostrar mais