Condenado por assassinato e cumprindo pena em regime semiaberto  pelo assassinato da modelo Eliza Samúdio, o goleiro Bruno voltou a marcar um gol após dez anos. Foi de pênalti, no empate em 1 a 1 entre Rio Branco e Bragantino-PA, pelo Campeonato Brasileiro Série D . Porém, a comemoração da equipe acreana não agradou aos torcedores nas redes sociais, que se revoltaram com a presença do atleta na equipe.

bruno
Reprodução/Twitter
Perfil do Rio Branco comemorou gol do goleiro Bruno


Após cumprir parte da sentença de 20 anos, Bruno obteve liminar para cumprir o restante do tempo de prisão em regime semiaberto e conseguiu acertar com o Rio Branco, depois de várias tentativas frustradas de atuar por outros clubes. O goleiro chegou a utilizar uma tornozeleira eletrônica durante jogos e treinamentos.


O Rio Branco é quarto colocado no Grupo A1, com 13 pontos e dentro da zona de classificação à próxima fase, com o Bragantino-PA na liderança, com 17. Entre eles aparecem o Galvez, também do Acre, com 16 pontos, e o Fast Club, do Amazonas, com 13.


O último gol marcado por Bruno foi no Campeonato Brasileiro de 2010, cobrando falta pelo Flamengo em derrota por 2 a 1 para o Fluminense, no dia 26 de maio.

Confira as reações:





    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais