Seleção brasileira foi campeã da Copa América 2019
Pedro Martins / MoWA Press / Divulgação
Seleção brasileira foi campeã da Copa América 2019

Após a Libertadores mudar de casa , a briga pelos direitos de transmissão no país promete mais alguns capítulos. A empresa japonesa Dentsu está atrás de emissoras brasileiras, em TV aberta e por assinatura, para negociar os direitos de transmissão da Copa América pelas próximas três edições, que serão realizadas em 2021, 2024 e 2028.

Segundo informações do UOL, como a Globo não mostrou disposição de conversar nesse momento, a dona dos direitos já procurou SBT e Band, na TV aberta. A Disney, dona dos canais fechados ESPN e Fox Sports, também foi consultada. A Dentsu, por sua vez, também não tem pressa em fechar um acordo, o que deve ocorrer só no início do ano que vem.

O SBT voltou a fazer investimentos no futebol e passou a procurar eventos para aumentar o seu quadro de competições. Recentemente, o canal comandado por Silvio Santos  tentou negociar a transmissão de jogos das Eliminatórias da Copa e ainda não desistiu de um acordo. O canal, aliás, está montando uma equipe para começar o programa Arena SBT, de debate esportivo.  O comentarista Mano já acertou com a emissora, que também terá o apresentador Benjamin Back  e o ex-jogador do Corinthians, Emerson Sheik.

A Band, por sua vez, também está investindo novamente no Esporte. Após adquirir as ligas da Itália e da Alemanha , além de reativar o "Show do Esporte" aos domingos , a emissora agora pode retomar a transmissão da Copa América,  o que fazia até 2007.

Por fim, a A Disney apontou que considera a Copa América bastante atrativa, porém, alegou que tudo dependerá das negociações.

A última Copa América, de 2019, foi exibida pelo Grupo Globo e o torneio estava previsto para ocorrer novamente este ano. Porém, por conta da pandemia do novo coronavírus, foi adiado para 2021. A edição do ano que vem vai acontecer na Argentina e na Colômbia.

    Veja Também

      Mostrar mais