Lance

Robinho foi condenado em primeira instância por estupro na Itália
Ivan Storti/Santos FC
Robinho foi condenado em primeira instância por estupro na Itália


Após a divulgação do processo que condena o atacante Robinho , do Santos, por violência sexual, com trechos transcritos de interceptações telefônicas do jogador, Kicaldo e Philco , empresas que patrocinam ao Santos já começam a tomar partido para que o atual camisa 7 do elenco seja desligado do clube.


A divulgação processual foi feita em matéria publicada pelo "GE.Globo". Os representantes do jogador afirmam que há provas de que o atleta é inocente e que elas não estão presentes na matéria e que não podem ser divulgadas por estarem em sigilo de justiça.

Na última quarta-feira (14), a Orthopriede rescindiu o vpinculo com o Peixe, que iria até fevereiro de 2021, alegando respeitar o seu público feminino.

Já nesta sexta-feira (16), em nota no Instagram, a Kicaldo se diz contra qualquer tipo de violência e apoia a rescisão do contrato de Robinho, caso contrário, a empresa de alimentos assume o compromisso de encerrar o patrocínio com o time da baixada. Por sua vez, a Philco repudiou a contratação de Robson e também disse que encerrará a sua parceria com o Peixe caso o contrato do atleta for rescindido.

Atualmente a Kicaldo estampa a manga da camisa santista, enquanto a Phico a parte superior traseira.

A diretoria do Santos não se posicionou sobre o caso até o fechamento da matéria.

    Veja Também

      Mostrar mais