Lance

Um duelo inédito aguarda o Flamengo nesta quinta-feira, quando, a partir das 20h, no Maracanã, a bola rolará para o embate diante do Bragantino. E o fator ineditismo se dá por dois motivos: será o primeiro encontro do Rubro-Negro com a franquia brasileira da Red Bull e o reencontro com Maurício Barbieri, técnico do clube carioca em 2018. O jogo terá transmissão do Premier.

Flamengo
Instagram
Flamengo encara o Bragantino nesta quinta


Ainda em busca de afirmação no cenário nacional, Barbieri se encontra em uma situação desconfortável, sem vencer há quatro partidas e na penúltima colocação do Brasileiro. 

Pelo Fla, o início foi distinto, pois foi promissor à base de triunfos. Barbieri assumiu o time no fim de março de 2018, após a demissão de Paulo Cesar Carpegiani. Depois de liderar o Brasileiro, a queda vertiginosa na tabela e as eliminações na Libertadores e na Copa do Brasil foram decisivas para o fim do ciclo (em 37 jogos, foram 15 vitórias, 12 empates e 10 derrotas).


Depois de Barbieri, Dorival Júnior, Abel Braga e Jorge Jesus treinaram o Fla. Hoje, Domènec Torrent é o responsável por conduzir o Rubro-Negro e lutar pelo bicampeonato brasileiro. E, para esta quinta, na briga pela liderança da competição nacional, terá que escalar uma equipe repleta de alterações por conta da dura sequência de partidas, definida pelo catalão como "autêntica loucura" (é o segundo jogo em 48 horas, por exemplo).



O rendimento, naturalmente, não atingirá o ideal. Terá que ocorrer superação por parte do time de Dome:

- São 12 dias e cinco jogos. Agora dois jogos em 48h. Quando os atletas estão mais cansados, há mais problemas musculares. Quando se joga muito consecutivamente, é muito difícil que rendam 100%. Temos que estar atentos pois não queremos ninguém machucado. Estamos no Brasileirão, na Copa, na Libertadores... Temos muitos jogos esse mês. É preciso recuperar muito bem. Concordo que quando se joga muitas partidas consecutivas o rendimento pode baixar - falou o catalão, logo após a vitória sobre o Goiás (na última terça).

SÉRIE INVICTA NO MARACA

Por falar no jogo contra o Goiás, o triunfo marcou o sétimo jogo de invencibilidade do Flamengo no Maracanã. Depois que foi derrotado para o Atlético-MG na estreia do Brasileiro, o Rubro-Negro não perdeu mais em sua casa: foram cinco vitórias (contra Fortaleza, Independiente del Valle, Athletico Paranaense, Sport e Goiás) e dois empates (com Grêmio e Botafogo).

Cabe lembrar que o fator casa (hoje sem a essencial presença da torcida) foi determinante para o Flamengo conquistasse o hepta e a Libertadores no ano passado - ao todo, o aproveitamento foi de 86% no Maracanã. Ou seja, chega para superar-se nessa quinta amparado ao animador retrospecto recente. 

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais