Lance

undefined
Lazlo Dalfovo
Na cola do Galo! Pedro decide no último lance e dá vitória ao Flamengo sobre o Goiás


O duelo - atrasado - pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro parecia destinado os holofotes apenas aos goleiros. Parecia... No último lance, depois de Hugo Souza e Tadeu brilharem nesta terça-feira, Pedro marcou (pela segunda vez) e deu a virada ao Flamengo sobre o Goiás: 2 a 1. O Maracanã ainda viu Vinícius Lopes abrir o marcador para os visitantes, que valorizaram a vitória de um time que, agora, passa a dividir a liderança com o Atlético-MG.

E o Flamengo volta a campo já nesta quinta, sem tempo para maiores aprontos ou reflexões, quando recebe o Red Bull Bragantino. Já o Goiás enfrenta o Bahia na sexta, em casa. Os confrontos serão pela 16ª rodada.

AMARGOU O CHOPP

O horário atípico do jogo, 18h de dia de semana, seria mais habitual para um happy hour , sobretudo para a boemia carioca. Mas o Goiás tratou de amargar o chopp dos rubro-negros ainda ao cair do sol.

Atrevido para atacar, o Goiás se fechou em linhas baixas, mas ameaçou na frente com os seus pontas, Keko e Vinícius Lopes. Este último, aliás, foi o responsável por abrir o placar. Na casa dos dez minutos, recebeu uma inversão primorosa de Daniel Bessa e, de primeira e após a falha de posicionamento do jovem Matheuzinho, acertou uma chapada categórica: caixa.



ATAQUE CONTRA DEFESA

O Flamengo passou a alugar o terreno da defesa esmeraldina. Sem meias de criação (Everton Ribeiro, Arrascaeta e Diego foram ausências, por convocações e suspensão, respectivamente), o time de Dome dependia da inspiração de Bruno Henrique e Michael, extremos, para servir Pedro.

O volume de jogo rubro-negro foi se acentuando no decorrer do jogo. Bruno Henrique e Filipe Luís vinham incomodando com dobradinhas de qualidade. E, após forte pressão, 15 arremates e brilho de Tadeu, o gol de empate - já maduro - saiu. O camisa 27 cruzou para Pedro, letal, deixando tudo igual.

VAR E GOLS ANULADOS

Antes dos times irem para o intervalo, o VAR foi acionado em dois lances significativos. No primeiro, em uma rara chance do Goiás depois de sair à frente do placar, David Duarte cabeceou para o fundo da rede, mas o árbitro de vídeo apontou a posição irregular.

Bruno Henrique também viu o VAR indicar um gol irregular. A bola resvalou em sua mão antes de passar a linha (por pouco). O placar parcial ficou em 1x1.

SUSTOS DISTINTOS

Com lance de Bruno Henrique encerrou a primeira etapa, com lance de Bruno Henrique abriu a segunda etapa. O atacante acertou o travessão, após cabeçada, e refletiu um reinicio de mais consistência do lado dos mandantes.

E Bruno Henrique protagonizou outro lance de susto. Mas, desta vez, não teve a ver com o fator esportivo. Breno viu as travas da chuteira de BH atingirem em cheio o seu rosto, depois de dividida. O meio-campista chegou a ir à maca, a sangrar, mas tudo não parece ter passado de um tremor.

GOLEIROS BRILHAM...

Franco e com times em propostas distintas, o duelo reservou dois destaques inesperados no segundo tempo. E eles estavam debaixo das traves. Hugo e Tadeu, que já tinha salvado uma tentativa de Natan de forma memorável na etapa inicial, realizaram defesas milagrosas. A dupla estava disposta a fazer história e não ver mais redes balançando.

Pedro, Bruno Henrique, Keko, Douglas Baggio... Atacantes das duas equipes tentaram de diversas formas superar os goleiros. Mas só um conseguiu.

... MAS ELE DECIDIU! DE NOVO

E é Pedro. Pedro aproveitou uma bola no último lance do jogo, rebatida, e voltou a desmontar Tadeu. O camisa 9 saiu como herói e deixou o Fla, que finalizou 27 vezes esta noite, na cola do Atlético-MG, agora com os mesmos 30 pontos - na co-liderança.

No fim das contas, haja saideira para os flamenguistas, reverenciados por Pedro após sufoco.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2X1 GOIÁS

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 13 de outubro de 2020, às 18h
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Árbitro de vídeo: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Gramado: Irregular
Cartões amarelos: Filipe Luís (FLA) / Keko, Tadeu, Rafael Moura, Caju (GOI)
Cartões vermelhos:

GOLS: Vinícius Lopes, 12'/1ºT (0-1); Pedro, 39'/1ºT (1-1), 52'/2ºT (2-1)

FLAMENGO (Técnico: Domènec Torrent)
Hugo Souza; Matheuzinho, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luís; Willian Arão, Thiago Maia e Gerson (Lincoln, 31'/2ºT); Michael, Bruno Henrique e Pedro.

GOIÁS (Técnico: Enderson Moreira)
​Tadeu; Edílson, Fábio Sanches, David Duarte e Caju; Breno (Ratinho, 7'/2ºT), Shaylon (Douglas Baggio, 27'/2ºT), Daniel Bessa; Keko (Pintado, 39'/2ºT), Vinícius Lopes e Rafael Moura.

    Veja Também

      Mostrar mais