Está oficialmente fechada a janela de transferências em Portugal, o que traz um grande alívio - pelo menos momentâneo - para dois clubes brasileiros: Santos e Grêmio .

Isso porque, nos últimos dias, o Benfica fez de tudo para contratar o zagueiro santista Lucas Veríssimo , na tentativa de atender a mais um pedido do técnico Jorge Jesus , ex- Flamengo . Da mesma forma, o Porto se esforçou parar tirar o atacante Pepê do Grêmio. Porém, em ambos os casos, as transferências não foram realizadas pela falta de tempo hábil.

Apesar da permanência da dupla, a saída não deve passar de janeiro. A negociação envolvendo o atacante ficou muito próxima de ser concretizada. Depois de uma proposta de 10 milhões de euros + 30% de venda futura ser recebida, o Porto decidiu se aproximar da pedida gremista de 20 milhões de euros com uma nova proposta, de 12 milhões de euros + 3 milhões de bônus, além de possibilidade de manutenção de uma parcela do passe.

Porém, após perder Cebolinha para o Benfica, o clube gaúcho resistiu e fez de tudo para manter o jogador. Agora, avaliará a saída do ponta em janeiro, dependendo das ambições da equipe no Brasileirão, que esse ano vai até 2021.

Sobre Veríssimo, o jornal A Bola garante que o Benfica retomou as negociações com o Santos e a transferência pode ser fechada em breve, com o defensor chegando à Luz em janeiro. No Brasil, porém, o acordo já é dado como certo.

A proposta que mais agradou os gestores santistas foi de 6,5 milhões de euros (R$ 42,5 na cotação atual) que serão pagos em três parcelas, a primeira em até 20 dias após o fechamento do negócio no valor de 2 milhões de euros (R$ 12,9 no câmbio do dia). Já as demais seriam pagas em abril e outubro de 2021, na quantia de 2,5 milhões (cotado em R$ 16,2).

O valor levantado na venda será usado para liquidar a dívida que o Peixe tem com o Hamburgo (ALE), primeira pendência que ocasionou o impedimento no registro de novos atletas, por parte do Alvinegro, desde março. Atualmente o débito está em 4,5 milhões de euros (R$ 29,2), mas intermediários santistas conversa com os alemães para um acordo.

A expectativa do Comitê Gestor é, inclusive, com essa quantia costurar uma negociação com o Huachipato (CHI), que também aciona o Peixe por uma dívida de 3,4 milhões de dólares (R$ 18,4 milhões) pelo não pagamento por Soteldo, contratado em janeiro de 2019.

    Veja Também

      Mostrar mais