Lance

Tudo igual no clássico. Em jogo marcado por falhas defensivas e erros no sistema ofensivo, Botafogo e Fluminense empataram, na manhã deste domingo, por 1 a 1, no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro . Kevin, contra, fez o gol do Tricolor. O Alvinegro empatou com Caio Alexandre.

jogo
LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Ruim para os dois: Botafogo e Fluminense empatam no Brasileirão


O resultado é ruim para as duas equipes. O Fluminense chega a 18 pontos e sobe para a sexta posição, mas ainda pode ser ultrapassado na rodada por Flamengo, Santos e Sport. O Botafogo , com 12 pontos, saiu da zona de rebaixamento, mas passa pela mesma situação: ainda pode ser ultrapassado pelas equipes que ainda jogam neste domingo, como Bahia e Coritiba.

As duas equipes voltam a jogar na próxima quarta-feira, dia 7, em partidas válidas pela 14ª rodada do Brasileirão. O Fluminense viaja para encarar o Goiás na Serrinha, às 20h30. Uma hora depois, a bola rola para Botafogo e Palmeiras no Allianz Parque, em São Paulo.

JOGO ABERTO!

​Apesar de as duas equipes conviverem com desfalques, a partida começou agitada desde o princípio. Com Lazaroni, o Botafogo iniciou o duelo com três volantes, em um 4-3-3. O clube de General Severiano criou duas chances claras antes dos 15 minutos: em uma, Muriel parou uma finalização de Rentería; na outra, um chute cruzado de Kalou passou perto da trave.

O Fluminense não demorou para responder na mesma moeda. Em cobrança de escanteio de Danilo Barcelos, Diego Cavalieri fez grande defesa em cabeçada de Matheus Ferraz. Antes da metade da primeira metade, portanto, os dois times tiveram chances concretas para abrir o placar.

PLACAR ABERTO!

O Fluminense balançou as redes justamente quando o Botafogo se animava na partida. Rhuan acertou a trave após um cruzamento de Kalou. No lance seguinte, contudo, o Tricolor criou uma trama que resultou em escanteio.

Na cobrança, Fred subiu sozinho no meio da marcação do Botafogo. Diego Cavalieri espalmou, Victor Luís tentou limpar de ombro sobre a linha e Kevin, no último momento, tentou afastar a bola com um chute, mas o lateral acabou acertando a própria cabeça e a bola morreu no fundo das redes. O zero saía do placar no fim do primeiro tempo.


PRESSÃO ALVINEGRA

O Botafogo voltou com uma mudança no intervalo: Pedro Raul no lugar de Rentería. Com dois atacantes, a equipe atacava por meio de cruzamentos buscando a dupla de ataque. Foi justamente com um lançamento que o Alvinegro criou a melhor chance na primeira metade da etapa complementar. Em escanteio, a cabeçada de Matheus Babi parou no travessão.

O Botafogo não saía do campo do campo ofensivo pressão se pagou. Aos 28 minutos, Victor Luís cobrou falta, a bola resvalou na barreira e sobrou limpa para Caio Alexandre, sozinho dentro da área, apenas ter o trabalho de deslocar Muriel e empatar a partida.

EMOÇÃO ATÉ O FIM

A partir do empate, Odair Hellmann colocou dois atacantes em campo. O Botafogo seguiu com a mesma estratégia ofensiva. A partida, portanto, se tornou um "lá e cá", com Tricolor e Alvinegro dando um gás nos minutos finais.

Já nos acréscimos, Muriel foi obrigado a fazer uma boa defesa em finalização de Pedro Raul dentro da área. O mesmo aconteceu com Diego Cavalieri, com boa intervenção em finalização de Yago Felipe. Apesar do ímpeto nos instantes finais, as duas equipes não conseguiram balançar as redes. O empate foi o placar final para o agitado clássico.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 x 1 FLUMINENSE

Data/Hora: 04/10/2020, às 11h
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA/RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA/RS) e Leirson Peng Martins (RS)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Michel Araújo (FLU)
Cartões vermelhos:

Gols: Kevin [contra] (0-1, 44'/1ºT), Caio Alexandre (1-1, 28'/2ºT)

BOTAFOGO: Diego Cavalieri; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu, Victor Luís; Rafael Forster (Sousa 50'/2ºT), Rentería, Caio Alexandre (Luiz Otávio 43'/2ºT); Rhuan (Ênio 36'/2ºT), Matheus Babi, Kalou (Warley 36'/2ºT). Técnico: Bruno Lazaroni.

FLUMINENSE: Muriel; Igor Julião, Nino, Matheus Ferraz (Digão 4'/2ºT), Danilo Barcelos; Hudson (Caio Paulista 36'/2ºT), Dodi; Michel Araújo, Nenê, Pacheco (Yago Felipe 20'/2ºT); Fred (Felippe Cardoso 36'/2ºT). Técnico: Odair Hellmann.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais