undefined
O Dia
Presidente do Santos diz que pandemia motivou demissão de treinador: 'É do grupo de risco'

O presidente do Santos , José Carlos Peres , deu uma declaração polêmica nesta sexta-feira.

Em entrevista à ESPN, ele afirmou que um dos motivos para a demissão do técnico português Jesualdo Ferreira foi o fato de ele fazer parte do grupo de risco da Covid-19 .

"O Jesualdo não vinha tendo bons resultados e houve pressão grande. Eu segurei o máximo que pude, e não foi só pelos resultados, mas pela idade diante do novo cenário do futebol brasileiro. No cenário na contratação foi um, na demissão foi outro. Ele é grupo de risco", declarou o dirigente.

"Como técnico, [Jesualdo foi] nota 10. O problema analisado nele não foi deficiência técnica, e quis até dizer isso a ele, mas não tive oportunidade. A questão foi o novo cenário de muitos jogos e que não é coerente com técnico de 74 anos. Até tentei falar com ele em seguida, mas não consegui. Tentei pelo celular. Queria ter essa conversa para não ficar nada no ar, mas ele foi embora", completou.

    Veja Também

      Mostrar mais