Fluminense
@lucasmerconphotos/FFC
Fluminense

Ainda tentando se reforçar para o Brasileirão , o Fluminense terá problemas pela frente. Ao menos nove jogadores do elenco testaram positivo para o novo coronavírus , em exames feitos na sexta-feora e cujos resultados foram conhecidos neste sábado.

Assim, eles desfalcarão o time no jogo da próxima segunda-feira, contra o Coritiba, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dos nove casos, cinco são de atletas do profissional, e quatro do sub-23. A informação foi publicada primeiramente pelo site Globoesporte.com e confirmada pelo O Globo.

Todos eles testaram negativo antes do jogo contra o Atlético-GO, pela Copa do Brasil.

Dos titulares, Calegari, Luccas Claro e Luiz Henrique estão entre os contaminados. O jovem atacante, inclusive, pediu para ser substituído no começo do 2º tempo contra o Atlético-GO e levantou suspeitas sobre a contaminação.

O atacante Marcos Paulo, que ficou fora da partida da última quinta-feira por sentir uma indisposição no dia do jogo, também está infectado.

Outros que também testaram positivo foram: Caio Paulista, Daniel, Martinelli, Miguel e Nascimento. O surto abrange também integrantes da comissão técnica.

Em nota o clube informou sobre o surto: "Em testes realizados nesta sexta-feira (25/09), no centro de treinamento do Fluminense, cinco jogadores tiveram resultados positivos para a Covid-19. São eles Calegari, Luccas Claro, Miguel, Luiz Henrique e Marcos Paulo.

No exame anterior à partida e no inquérito epidemiológico feito no dia do jogo todos os resultados haviam sido negativos.

No entanto, Marcos Paulo sentiu-se mal ainda no hotel e não seguiu com o grupo para o estádio. Durante a partida, Luiz Henrique sentiu-se mal e foi substituído.

Também no grupo do sub-23 houve resultados positivos nos testes de quatro atletas: André, Luan, Martinelli e Nascimento. Os atletas já estão isolados, cumprindo quarentena."

    Veja Também

      Mostrar mais