Alexandre Campello%2C presidente do Vasco
Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Alexandre Campello, presidente do Vasco

A Justiça decidiu penhorar 30% das cotas de TV que o Vasco ainda tem a receber em 2020. A decisão foi tomada pela 20ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ/RJ) de forma unânime. As informações são do portal "UOL".

A solicitação foi feita pela empresa 'Alfaseg Vigilância e Segurança LTDA', que teve rescisão de contrato unilateral com o clube. A empresa havia sido contratada para fazer segurança de eventos em São Januário, mas foi dispensada pelo clube sem o pagamento da rescisão.


A decisão foi tomada na última quinta-feira pela desembargadora Marilia de Castro Neves Vieira e contempla os direitos de TV aberta, fechada e pay-per-view.

    Veja Também

      Mostrar mais