Lance

CRB eliminou o Cruzeiro com gol de Léo Gamalho
Reprodução / CRB
CRB eliminou o Cruzeiro com gol de Léo Gamalho

O Cruzeiro empatou por 1 a 1 com o CRB e está eliminado da Copa do Brasil 2020. Os gols do jogo foram marcados por Giovanni, para a Raposa, e Léo Gamalho, o carrasco do confronto, que deixou sua marca no time mineiro pela terceira vez nos dois jogos do duelo. 

Em mais uma apresentação sem inspiração, o time comandado por Enderson Moreira mostra muita força de vontade, empenho, mas o setor criativo continua sendo o “calcanhar de aquiles” celeste, com baixa ofensividade e perigo para o gol adversário. 

O time alagoano foi organizado na defesa, esperou o Cruzeiro, conseguindo uma inédita classificação à quarta fase do mata-mata nacional e ainda embolsando R$ 2 milhões de premiação. O próximo rival do CRB na competição será conhecido por sorteio na CBF. Agora, só resta para a Raposa focar na Série B. 

Posse de bola quase “estéril”

O CRB fez uma linha de defesa bem trancada para evitar os avanços do Cruzeiro. Com isso, “deu” a bola para a Raposa, que ficou com ela em 75% do tempo de jogo. Esse domínio territorial não se convertia em chances reais de gol, com o time azul chutando pouco ao gol da equipe alagoana no primeiro tempo.

Uma movimentação melhor da Raposa levou ao gol

Quando o Cruzeiro conseguiu fazer uma troca de bola mais próxima, principalmente com Riquelmo e Maurício, o time celeste criou a chance para marcar o primeiro gol da partida com Giovanni, em bela finalização pela esquerda do ataque.

CRB “covarde”

O time alagoano colocou “embaixo do braço” a vantagem obtida no Mineirão(2 a 0) e fez um jogo sem atacar, esperando o Cruzeiro para buscar o erro do rival e contra-atacar. A derrota no primeiro tempo foi justa pela postura “covarde” do CRB. 

Preocupação em campo

O lateral Igor, do CRB, se chocou com Jadsom do Cruzeiro e ficou desacordado. Ele saiu de campo de ambulância para ser examinado com mais detalhes. Não houve maldade por parte do jogador da Raposa, sendo um acidente de trabalho. A partida ficou parada por 16 minutos, pois o árbitro estava aguardando o retorno de uma ambulância com UTI para o estádio.

Partida reiniciada e...Gol do Ibra do Nordeste

Assim que o jogo retornou, Léo Gamalho, que foi carrasco em BH, marca novamente sobre a Raposa, anotando seu terceiro tento no confronto entre CRB e Cruzeiro. O Ibra do Nordeste atacou novamente. O artilheiro contou com a falha do zagueiro Léo, que escorregou e a bola sobrou limpa para o jogador alagoano deixar sua marca novamente.

Airton no lugar de Roberson: por que não entrou antes?

O jovem vindo da Inter de Limeira mostrou um bom cartão de visitas com mais efetividade no ataque em poucos minutos do que Roberson em toda a sua estada na partida.

Cruzeiro fica muito com a bola, mas no meio de campo

A Raposa teve o controle da bola durante a maior parte do jogo. Mas concentrava as ações no meio de campo, permitindo que a defesa do CRB ficasse bem postada esperando time mineiro que errava muito no último passe para criar chances de gol. Outra apresentação sem força do Cruzeiro que terá muito trabalho para conseguir seu grande objetivo na temporada: o acesso à Série A de 2021.

Próximos jogos

O Cruzeiro tem pela frente o clássico contra o América-MG, sábado, 29 de agosto, pela sexta rodada da Série B, às 19h, no Mineirão. Já o CRB, também em jogo da segundona nacional, encara o seu maior rival, CSA, domingo, 30, às 19h, no Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA

CRB 1 X 1 CRUZEIRO
Data-Horário: 26 de agosto, às 16h
Estádio-Local: Rei Pelé,Maceió(AL)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Evandro de Melo Lima (ambos de SP)
Cartões amarelos: Léo(CRU), Léo Gamalho(CRB), Thiago(CRU), Judivan(CRU). Jadsom(CRU), Dudu(CRB)
Cartões vermelhos:

Gols: Giovanni, aos 45’-1ºT(0-1), Léo Gamalho, aos 18’-1ºT(1-1)

CRB: Victor Souza; Lucas Mendes, Gum, Ewerton Páscoa(Reginaldo Júnior, aos 27’-1ºT) e Igor(Hugo, aos 16’-2ºT); Claudinei, Washington e Diego Torres; Magno Cruz(Dudu, aos 47’-2ºT), Luidy e Léo Gamalho Técnico: Marcelo Cabo

Cruzeiro: Fábio; Raúl Cáceres, Léo, Manoel e Giovanni; Jadsom e Ariel Cabral; Riquelmo(Judivan, aos 44’-2ºT), Maurício(Marco Antônio, aos 44’-2ºT) e Roberson(Airton, aos 31’-2ºT); Thiago. Técnico: Enderson Moreira

    Veja Também

      Mostrar mais