Lucho González
Reprodução
Lucho González

O jogador Lucho González , do Athletico Paranaense , rebateu o colunista Leo Dias , que publicou uma reportagem onde relata duas acusações da ex-mulher do argentino, apontando que o jogador e a atual namorada teriam agredido os filhos, frutos do primeiro casamento.

De acordo com Leo Dias, Andreia Marques teria registrado dois boletins de ocorrência no Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítima de Crime, em Curitiba, acusando de maus tratos o atleta do Furacão e namorada Khawana Zangiski.

Em nota oficial, Lucho deu a sua versão do ocorrido, apontando que o que foi reportado tem "cunho sensacionalista, irresponsável e calunioso". O documento divulgado à imprensa diz ainda que "o atleta repudia a utilização de fatos apurados de forma unilateral, que podem culminar em sequelas e exposições desnecessárias de seus filhos".

A nota lembra também de uma outra acusação feita por Andrea e diz que, no caso de agora, o próprio filho negou a agressão. "Andrea e Lucho foram casados até o ano de 2017; quando da separação, a ex-mulher do jogador o acusou de ter cometido gravíssimos crimes, entretanto, a investigação policial provou sua inocência. No presente caso não é diferente, apesar da acusação, quando ouvida pelos peritos do NUCRIA, a própria criança negou tal episódio, chegando a defender o pai ao afirmar que 'O pai não fez isso'. A imputação de maus tratos lançada contra a atual companheira do jogador também é desmentida através de vídeos, fotografias, testemunhas e Laudo Pericial", aponta.

Por fim, o jogador promete providências contra o colunista. "A indevida e criminosa exposição de sua imagem e o envolvimento de seu nome em cometimento de ilícito terá seus autores e propagadores responsabilizados nas esferas administrativa, cível e criminal”.

Segundo publicado por Leo Dias, no primeiro boletim de ocorrência, registrado no dia 13 de agosto, Andreia teria relatado que Lucho bateu e arrastou o filho de 9 anos, e, após a agressão, trancou o menino e a irmã, de 4 anos, em um quarto escuro, sem dar água ou comida para as crianças até a manhã do dia seguinte. O pai ainda teria ameaçado o filho de que ele seria castigado se contasse o que aconteceu para a mãe.

Já no segundo BO, feito no dia seguinte contra Khawana, ela teria relatado que a atual namorada de Lucho transportou as duas crianças na caçamba de uma caminhonete em alta velocidade no dia 1º de agosto. 

O casal tem a guarda compartilhada das crianças e aguarda uma decisão definitiva da Justiça. Segundo Andreia, porém, “as crianças raramente ficam com o pai pelos compromissos que ele tem". "Ele passa meses sem vir pegar nem ligar para falar com eles. Mas, se me recuso a entregar, até porque as crianças não querem ir com o pai, ele vai na Justiça alegar alienação parental”, apontou Andreia, ao site Metrópoles.

    Veja Também

      Mostrar mais