Lance

Muriel foi o grande destaque da partida
Reprodução / Fluminense
Muriel foi o grande destaque da partida

Em uma tarde fria em Curitiba, o Fluminense derrotou o Athletico-PR pro 1 a 0 e voltou a vencer no Campeonato Brasileiro 2020. O gol da partida foi marcado pelo zagueiro Felipe Aguilar (contra). Durante o jogo, o Tricolor teve dois gols anulados pelo VAR ainda no primeiro tempo. A equipe não vencia o Furacão em Curitiba há 5 anos.

O Fluminense volta a campo na próxima terça contra o Figueirense, em jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil, no Maracanã, às 21h30. Pelo Brasileirão, o Tricolor joga contra o Vasco no sábado, dia 29, também no Maracanã, às 19h. Já o Furacão só jogará no dia 2 de setembro contra o Bragantino, na Arena da Baixada, às 20h30.

VAR polêmico
A partida começou com o Athletico tomando a iniciativa das ações ofensivas e não deixando o Fluminense contra-atacar. No entanto, o Furacão não conseguiu oferecer perigo ao gol de Muriel, e foi a equipe carioca que levou perigo no início. Aos 24, Egídio cruzou na área, Digão cabeceou, e no rebote de Santos, Luccas Claro estufou as redes. Contudo, após o auxílio do VAR, o árbitro Daniel Nobre assinalou falta de Digão no lance e anulou o gol do Tricolor.

Fluminense melhor no jogo
Ao longo do primeiro tempo, o Fluminense foi mais perigoso e a defesa do Furacão teve muita dificuldades nas bolas aéreas. Na melhor oportunidade da equipe paranaense, Vitinho recebeu a bola de Márcio Araújo e chutou para boa defesa de Muriel. Logo em seguida, Michel Araújo chutou cruzado e Santos afastou com o pé. Após novo cruzamento, Luccas Claro cabeceou e Michel Araújo empurrou para as redes, mas o árbitro anulou mais uma vez.

Aguilar contra
Na parte final do primeiro tempo, o Athletico tentou em boa jogada de Richard, que recebeu nas costas da defesa Tricolor e bateu no canto do arqueiro da equipe de Odair. Contudo, Michel Araújo, melhor jogador do equipe no primeiro tempo, apareceu novamente, fez ótima jogada, e após cruzamento de Yuri, Felipe Aguilar empurrou contra o seu próprio gol. Terceira vez que o Flu balança as redes e dessa vez foi validado.

Muriel salva o Flu
Na etapa final, o Fluminense voltou da mesma maneira, jogando bem, e sendo mais perigoso, apesar de estar fora de casa. Logo aos 3, Ganso enfiou para Michel Araújo, que rolou para trás, mas Marcos Paulo pegou mal e isolou a bola. Durante todo o segundo tempo, o jogo ficou equilibrado e confortável para o Flu. No entanto, no final, o Athletico quase empatou a partida após bela cabeçada do experiente Lucho Gonzales, em que Muriel fez uma linda defesa e salvou. A bola ainda bateu na trave, mas não entrou.

FICHA TÉCNICA:

ATHLETICO-PR 0 X 1 FLUMINENSE

Data/Hora: 22/08/2020, às 16h
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS) Nota L!: 6,0 Acertou nas decisões e controlou bem a partida.
Auxiliares: Jose Eduardo Calza (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Gramado: Bom
Público e renda: Sem público
Cartões amarelos: Léo Cittadini, Wellington, Felipe Aguilar. Pedro Henrique (ATH), Ganso, Wellington Silva e Digão (FLU)
Cartão vermelho:
GOL: Felipe Aguiar (contra) 48/1º (0-1)

ATHLETICO (Técnico: Dorival Júnior)
Santos; Khellven (Geuvânio 40/2º), Felipe Aguilar, Pedro Henrique, Márcio Azevedo (Abner Vinícius 17/2º); Wellington, Léo Cittadini, Richard (Lucho González 31/2º); Marquinhos Gabriel (Pedrinho - intervalo), Vitinho e Vinícius Mingotti (Walter 17/2º).

FLUMINENSE (Técnico: Odair Hellmann)
​Muriel; Callegari, Luccas Claro, Digão, Egídio; Yuri (Yago Felipe - 34/2º), Dodi, Ganso; Michel Araújo, Luiz Henrique (Wellington Silva 34/1º) e Marcos Paulo (Caio Paulista 24/2º).

    Veja Também

      Mostrar mais