Lance

roger guedes
Divulgação
Roger Guedes, jogador do Shandong Luneng

O Comitê Disciplinar da Fifa puniu o Palmeiras com uma multa de 20 mil francos suíços (R$ 124 mil) por colocar uma cláusula considerada ilegal no negócio feito com o Shandong Luneng (CHN) pela venda de Roger Guedes. A informação é do Rodrigo Mattos, no Uol.

O Palmeiras recorreu ao comitê de apelação por não concordar com a decisão e não querer que um precedente seja aberto.

A venda aos chineses aconteceu em 2018 e o clube brasileiro colocou que um pagamento de 3 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões na cotação atual) tem que ser feito caso o Shandong negocie o atacante com qualquer clube do Brasil que não seja o Palmeiras.

A Fifa entende que houve uma quebra de norma que proíbe um clube de influenciar na gestão do outro. A investigação foi aberta em março de 2020. Em contato com o Uol, André Sica, advogado do Palmeiras, explicou o posicionamento do clube.

- Não entendemos a cláusula como uma restrição para o clube negociar o jogador, é apenas um bônus comercial. O clube continua podendo transferir o atleta livremente - afirmou Sica.

    Veja Também

      Mostrar mais