Casagrande
REPRODUÇÃO / SPORTV
Casagrande

O Brasil atingiu neste sábado a triste marca de 100 mil mortes em decorrência da Covid-19, também conhecido como novo coronavírus. Notório por seus comentários políticos, o ex-jogador Walter Casagrande aproveitou para criticar o governo de Jair Bolsonaro .

Através de sua conta no Instagram, o comentarista da Rede Globo desabafou sobre a situação da pandemia e afirmou que o governo federal não combateu a doença como deveria.

- A covid-19 já matou 100 mil pessoas no Brasil. O governo federal não combateu como deveria ser feito nessa pandemia. Debochou da doença, chamando de 'gripezinha' ou 'resfriadinho'. Já morreram 100 mil pessoas para o presidente falar 'e daí?', já tem 100 mil covas para ele falar que não é coveiro. E tem muitas pessoas no Brasil que continuam na negação, não aceitando, não acreditando nessa doença - afirmou o comentarista.

O ex-jogador ainda fez um apelo aos negacionistas da doença para que a levem a sério com intuito de evitar mais mortes.

- Está na hora de abrir os olhos, de ver a realidade. Se não tiver nossa colaboração, essas mortes só vão aumentar e não vai parar porque no Brasil só está subindo, em nenhum momento diminuiu. Temos que valorizar muito os profissionais da saúde que estão combatendo desde o início sem o apoio de nada. Está na hora, Brasil, de a gente ver a verdade. Abram os olhos, por favor! Ainda podemos salvar mais vidas - finalizou.

    Veja Também

      Mostrar mais