As falas de cunho racista do comentarista Fábio Benedetti, conhecido como Chef Benedetti , da rádio "Energia 97FM", não ficaram impunes.

Após ser suspenso temporariamente do programa , o acusado foi demitido, fato confirmado, na última segunda-feira, em uma carta lida pelo  apresentador do programa "Estádio 97", Hilton Malta, o "Sombra".

"Tenho um recado muito importante, peço seriedade. Como a gente disse na última sexta-feira, quando a gente anunciou o afastamento do Chef Benedetti, a gente ficou de trazer os próximos passos que seriam tomados. Hoje, oficialmente, comunicamos que o Chef Benedetti não faz mais parte do time da Energia 97FM. Com essa medida, a gente reitera o compromisso com a retidão e lisura que sempre foram e sempre serão características aqui da empresa. Assim, encerra-se o assunto na Energia 97, e a gente prossegue o jogo. Ponto final", explicou Sombra.

A ofensa ocorreu no intervalo da partida da última quinta-feira (30), após o atacante Marinho ser expulso. Ao ser questionado sobre o fato, Benedetti disparou: "Você é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez", se referindo a um suposto grupo de WhatsApp do qual os dois fariam parte. 

Na dia seguinte, o atacante Marinho gravou um vídeo aos prantos. “Passo por isso na pele. A gente não pode deixar passar isso. É horrível”, disse ele. “Eu sei o que eu sou. Sei o valor que eu tenho. Eu brigo pela causa porque tenho voz. E isso só mostra que quem não tem voz passa por coisa pior. A gente tem aceitado muito ainda. Justiça não pune os preconceituosos, vermes. Mas Deus perdoa, cara. Fica em paz”.

Após a publicação, o autor das injúrias racistas Fabio Benedetti publicou um vídeo como pedido de desculpas pelo crime em seu Instagram: “Venho através deste vídeo pedir minhas sinceras desculpas pelo comentário infeliz que fiz ontem referente ao jogador Marinho, na transmissão do jogo do Santos contra a Ponte”, escreve o comentarista. 

    Veja Também

      Mostrar mais