Carlitos Tévez, que chegou a cogitar um retorno ao Corinthians , mantém seu posicionamente contra o retorno do futebol na Argentina no contexto da pandemia de coronavírus. Em entrevista a um programa de TV, o jogador do Boca Junior reiterou sua opinião de que é preciso priorizar a luta contra a Covid-19.

Tévez
Reprodução
Carlitos Tévez

— O futebol tem muitos negócios, mas com pessoas doentes e morrendo é difícil. É difícil voltar agora com os hospitais lotados. Não podemos sair dessa realidade, para mim não é hora de voltar. Se não pudermos treinar daqui até 10 de agosto, a data da Libertadores será alterada — disse Tévez no programa "Intratables".

Preocupado com a volta das atividades nos clubes, ele afirmou que teve seus sogros internados por Covid-19.

— Tudo isso é muito feio. Eu tenho pessoas próximas que ficaram mal, como meu sogro e minha sogra. Eles conseguiram se recuperar, mas foram internados. Isso tocou a todos nós e, felizmente, eles foram capazes de sair. É um momento sensível, estou irritado com toda essa situação, quero que as pessoas se cuidem. Temos que cuidar de nós mesmos, fazer o que pudermos para que isso passe rapidamente — acrescentou.

Apesar disso, Tévez foi confrontado pelos torcedores por causa de uma foto divulgada nas redes sociais, na qual sem máscara e sem distancimaento social, o jogador estava cercado por um grupo de fãs.

Após a longa paralisação por conta da pandemia, o Campeonato Argentino terá um novo formato e já tem data para começar: 27 de setembro.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais