Lance

Lance

Jesualdo perdeu dois jogadores para a sequência do Paulistão
Reprodução / Santos
Jesualdo perdeu dois jogadores para a sequência do Paulistão

Depois de quatro meses sem entrar em campo, o Santos volta a jogar diante do Santo André, nesta quarta-feira, às 19h15, na Vila Belmiro, pela 11ª e penúltima rodada da fase classificatória do Campeonato Paulista. Líder do Grupo A, com 15 pontos, uma vitória garante os comandados de Jesualdo Ferreira na próxima fase do estadual. 

Além de garantir a vaga nas quartas de final, o Peixe busca vencer para amenizar o clima ruim que vive os bastidores do clube. Com atrasos nos direitos de imagem, FGTS e corte de 70% no salário dos jogadores sem acordo com a diretoria, o Peixe vê atletas acionarem a Justiça para a rescisão. O goleiro Everson e o atacante Eduardo Sasha tomaram esse caminho.

Cansado da má gestão do presidente José Carlos Peres, torcedores do Santos foram protestar no Business Center do clube em São Paulo, buscando conversar com o mandatário santista. A cobrança foi forte, piorando ainda mais o clima já conturbado na equipe da Baixada Santista. 

No treinamento da última segunda-feira, dirigentes do clube se reuniram com o elenco para aliviar a crise. Depois de o goleiro Everson não aparecer para treinar no fim de semana, por causa da briga judicial com o Santos, os treinamentos não tiveram novas faltas de jogadores.

E dentro de campo?

Além dos desfalques certos de Everson e Sasha, o técnico Jesualdo Ferreira não poderá contar com Yuri Alberto, que avisou que não renovará o seu contrato, o meia Evandro, que já deixou o clube e o volante Jobson, que está suspenso.

Por conta de todas essas ausências e sem poder contratar, o Santos terá que utilizar a base para se dar bem no estadual. Todos os setores da equipe devem ter jogadores formados dentro do Peixe. Uma provável escalação é: Vladimir; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Raniel (Kaio Jorge) e Soteldo.

Novidade no gol, Vladimir demonstrou confiança na equipe e mostrou que está preparado para ser titular da meta santista. 

- A função de goleiro não permite que você relaxe, pois pode ser utilizado a qualquer momento, e a responsabilidade é enorme. Qualquer falha é fatal. Por isso, sempre me empenhei ao máximo nos treinos. Me sinto preparado e estou tranquilo. O mais importante é que o elenco está unido, e a torcida pode ter certeza de que faremos o nosso melhor para garantir a classificação para as quartas de final e, partir daí, lutar pelo título – afirmou.

Com essa confiança, o Santos busca a vitória para dar um respiro na crise. A partida será transmitida apenas no Premiere.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários