Lance


O ex-jogador Cafu teve cinco imóveis levados a leilão por uma dívida de sua empresa, a Cafi Penta International Football Player, por conta de um empréstimo não quitado no valor de R$ 5 milhões de reais.

Leia também: Em carta, Cafu fala sobre morte do filho: "Perdi ele em meus braços"

Cafú
undefined
Cafu


A Justiça de São Paulo agendou para o dia 30 de junho o leilão dos cinco imóveis, mas a defesa de Cafú contesta a decisão. Ao "UOL", os advogados afirmam que apenas o imóvel dado como garantia no empréstimo já quitaria o valor da dívida.

Leia também: Galvão Bueno pede desculpas a Cafu por críticas na narração do tetra

- Foi uma decisão absolutamente precipitada. Existe um imóvel colocado em contrato que é suficiente para equacionar o débito. Pedimos à Justiça a nomeação de um novo perito para avaliar esse imóvel. Não se pode levar quatro imóveis a leilão sendo que já existe a garantia prevista (no contrato) - afirmou.

O imóvel em questão é um lote de terreno de 38 mil metros quadrados no interior de São Paulo, avaliado pelo perito judicial no valor de R$ 3,19 milhões. Os outros imóveis variam de valor entre R$ 747 mil à R$ 404 mil.

    Veja Também

      Mostrar mais