Lance


Neto não jogou a Copa de 1990
Reprodução
Neto não jogou a Copa de 1990

Sebastião Lazaroni, técnico da Seleção Brasileira na Copa de 90, na Itália, foi direto ao ponto ao afirmar que o ex-jogador e hoje apresentador de TV Neto nunca esteve no radar para ser convocado e criticou o comportamento dele fora dos gramados, chamando-o de ‘balão japonês’.

- Ele não havia tido uma passagem muito fértil, não muito profissional, aqui no Bangu, do Rio de Janeiro, e, sinceramente, apesar de achar uma grande carência num meia criativo, não via nele a dinâmica, a necessidade para o que, naquele momento, exigia o futebol, e nunca esteve muito no nossos radar. Acabou tendo um dos melhores sucessos, depois do início brilhante no Guarani, após a Copa de 90, com o Corinthians – iniciou o treinador ao Futebol na Veia, da ESPN , no último sábado.

Leia mais: Torcedora do Flamengo arranca suspiros de fãs na web; veja fotos

Lazaroni, técnico vencedor da Copa América de 1989 com o Brasil , ainda aproveitou o momento para falar da vida de Neto fora dos gramados e disse que não o marcou negativamente por não tê-lo convocado para aquele Mundial.

- Na realidade, como ele se transformou num homem de mídia, ele tem como cartão de visitas um injustiçado que foi para a seleção de 90. Eu diria assim: ‘Tá bom, Lazaroni errou’, mas quem o convocou mais? Ele não foi antes por quê? Ele não foi depois por quê? Será que porque eu marquei ele negativamente? Não - disse, e complementou:

- Achei e acho apenas me pareceu um bom homem de bola parada, excelente cobrador de faltas, de escanteios, mas, na continuidade de Seleção Brasileira , pela vida pregressa dele fora do campo, atitude e rendimento, ele me pareceu apenas um balão japonês – finalizou.

    Veja Também

      Mostrar mais