Melody Pasini, namorada do ex-São Paulo Centurión, teve uma parada cardíaca
Arquivo pessoal
Melody Pasini, namorada do ex-São Paulo Centurión, teve uma parada cardíaca

O atacante argentino Ricardo Centurión, ex-jogador do São Paulo, confirmou em uma entrevista a uma televisão argentina que pensou em tirar a própria vida após a morte trágica da sua esposa, Melody Pasini, no ano passado.

Em entrevista à TyC Sports, o atacante abriu o jogo. “Cheguei a pensar em terminar com a minha vida depois do que aconteceu com minha noiva e minha vó. Me uni com a minha mãe e minha irmã, caso contrário, tudo iria por água abaixo. Se não me levantasse rápido, em dois ou três dias creio que terminava com a minha vida”, revelou ele.

Leia mais:Neto pede demissão de Tite e indica técnico que considera ideal

A modelo, de 25 anos, morreu após sofrer um infarto e bater o carro, em Banfield, na grande Buenos Aires. Depois de sair justamente da casa do ex-tricolor, Melody estava sozinha no automóvel e perdeu o controle, se chocando contra um outro carro parado. Ela tinha um histórico de problemas cardíacos e teria passado por duas cirurgias no coração. Entre idas e vindas, os dois mantinham um relacionamento de mais de quatro anos. Inclusive, a modelo acompanhou o atacante durante a passagem pelo São Paulo.

Atualmente emprestado pelo Racing ao Vélez Sarsfield e com contrato até julho, Centurion também falou sobre o futuro.

“Agora tudo o que penso e quero é gritar um gol novamente com a camisa do Vélez.  Se isso não for resolvido, não sei, porque teria que voltar ao Racing e passaremos a outro tópico”, finalizou.

    Veja Também

      Mostrar mais