A pandemia do novo coronavírus fez reduzir drasticamente os estoques de sangue nos hemocentros de todo o país. Com o isolamento adotado como medida de prevenção, muitas pessoas, por medo, deixaram de fazer as doações, mesmo com os espaços prontos para receber a todos em segurança.

Leia também: Jadson recebe consultas e pode acertar com time do Oriente Médio

corinthians
Divulgação
Campanha da torcida do Corinthians


Diante desse quadro alarmante, torcedores do Corinthians do interior de São Paulo iniciaram uma campanha emergencial para arrecadar sangue para a cidade de Catanduva, localizada a cerca de 300 quilômetros da capital, e que está com o estoque completamente zerado.

Organizada pela Fiel Catanduva, a campanha pede que os doadores façam o agendamento antecipado, com o intuito de evitar aglomerações em meio à pandemia.

“Com a questão do coronavírus, as doações para o Hemonúcleo de Catanduva diminuíram significativamente, mas, a demanda nos hospitais continua alta. O mais importante é que as pessoas podem ficar tranquilas em relação ao Covid-19. O local adotou medidas de prevenção na unidade para evitar a propagação do vírus e garantir segurança aos doadores. Além da distribuição de álcool em gel para todos, houve intensificação na limpeza de maçanetas de portas, além distanciamento entre cadeiras”, afirma Ricardo Tomita, um dos organizadores.

Ainda de acordo com o responsável, o hospital autorizou a ida de apenas dez pessoas por dia. Assim, listas estão sendo preparadas de forma antecipada. Para esse sábado e domingo, não há mais vagas. “A ideia é que não só as pessoas da cidade, mas, de todo a região, possa ajudar essa causa. A situação está crítica e é muito importante que todos se preocupem com isso agora, já que nunca sabemos quando nós ou algum familiar nosso precisará de sangue”, diz.

Fora a campanha de vacinação, a Fiel Catanduva também está realizando doações de marmitas para moradores de rua. Cerca de 100 pratos são entregues toda a terça-feira. Famílias em dificuldades - e que viram o quadro piorar diante da necessidade do isolamento -, também estão sendo ajudadas com cestas básicas a cada 15 dias. Além disso, a torcida inicia essa semana a coleta de cobertores e agasalhos para serem distribuídos aos necessitados.

Mais informações sobre o agendamento ou para ajudar com alimentos e agasalhos podem ser obtidas pelos telefones: (17) 9-9765-1737 ou (17) 9-9661-7238. Falar com Tomita ou Fran.

    Veja Também

      Mostrar mais