Renato Matte%2C ex-chefe de redação do SporTV
Reprodução
Renato Matte, ex-chefe de redação do SporTV

A TV Globo foi condenada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-4) a pagar uma indenização de R$ 200 mil a Renato Matte, ex-chefe de redação do SporTV . Ele atuou na emissora entre 2012 e 2017.

Leia também: Em isolamento, Oscar Schmidt revela: "Votei no Bolsonaro e me arrependi"

Segundo o "UOL", no processo, Renato Matte alega que, antes de assumir a função de chefe de redação, trabalhou na organização de grandes eventos para o canal, como Olimpíadas de Inverno, Copa das Confederações e Copa do Mundo. Neste período, o jornalista afirma que trabalhava todos os dias de 10 às 19h30, o que excedia o tempo de trabalho de oito horas diárias.

Outra alegação de Matte é que, ao ser promovido ao cargo de chefe, em novembro de 2015, ele não recebeu aumento de salário.

    Veja Também

      Mostrar mais