Emerson Sheik guarda boas recordações do Pacaembu
Arquivo pessoal
Emerson Sheik guarda boas recordações do Pacaembu

O Paulo Machado de Carvalho, conhecido popularmente como Pacaembu , completa hoje 80 anos de existência. Um dos símbolos arquitetônicos da cidade de São Paulo, o local, por muitos anos, foi considerado como uma segunda casa pelo torcedor corinthiano.

Leia também: Imprensa europeia fala de interesse da Sampdoria em lateral do Corinthians

Por lá desfilaram craques do clube, como Rivelino, Sócrates, Casagrande, Carlitos Tevez e Ronaldo “Fenômeno”. Porém, o protagonista de uma das mais marcantes histórias dessa relação foi o ex-atacante Emerson Sheik , responsável pelos dois gols que levaram o Corinthians à conquista da Copa Libertadores da América, em 2012.

Hoje aposentado dos campos, o craque não ficou de fora das homenagens ao estádio e lembrou da eterna conquista com a camisa alvinegra e aproveitou para parabenizar o charmoso local. “Tive várias histórias interessantes dentro do Pacaembu e, certamente, a de 2012, com o título do Corinthians, 2 a 0, em cima do Boca Juniors, foi a mais incrível e a mais mágica. Só tenho lembranças boas desse estádio e, inclusive, morei próximo dele. Por isso, tenho uma gratidão eterna ao Pacaembu por ter me recebido tão bem e ter me feito tão feliz lá dentro. Parabéns e muitos anos de vida”, afirmou Sheik.


Mas, não foi só o título da Libertadores que os torcedores do Corinthians celebraram por lá. Ao todo, foram oito as vezes que os adeptos viram o time dar a volta olímpica.  A último foi em 2013, com a Recopa Sul-Americana diante do rival São Paulo. Antes, o alvinegro levantou as taças da Taça Libertadores de 2012, Brasileiro de 2011, Paulistas de 1951, 54 e 2009, além dos Torneios Rio São-Paulo de 1950 e 54. Contadas pequenas taças e Torneios Início, o Timão tem 24 títulos no Pacaembu.

A relação do Corinthians com o estádio, aliás, começou no dia 28 de abril de 1940, quando o Pacaembu tinha acabado de ser inaugurado. Considerado, na época, o maior e mais moderno da América do Sul, o local foi palco de um jogo entre o alvinegro e o Atlético-MG, para um público de 50 mil pessoas. Na oportunidade, os paulistas golearam os mineiros por 4 a 2. Até deixar o estádio para passar a jogar em sua Arena, na Zona Leste, o clube fez 1.686 jogos no local, conquistando 965 vitórias, além de 395 empates. Nas traves do estádio, por sua vez, o time de Parque São Jorge marcou 3.305 gols. Claudio foi o atleta que mais entrou no gramado do estádio com a camisa do clube e também o maior artilheiro do Timão por lá. Jogador do Corinthians por cerca de 12 anos, ele atuou em 322 partidas no Pacaembu e marcou 185 gols, 25 a mais do Baltazar.

Foi lá também que o Corinthians conseguiu a quebra histórica do tabu contra o Santos de Pelé. No total, o Timão passou 11 anos sem derrotar o rival praiano em partidas pelo Campeonato Paulista, até que no dia 6 de março de 1968, no estádio, Paulo Borges e Flávio fizeram os gols da vitória por 2 a 0 que colocou fim ao incômodo jejum. Antes, a Fiel também presenciou momentos importantes no Pacaembu, como a chegada de Rivellino, em 1965, e a criação do apelido “Timão”, em 1966, quando Ditão, Nair e Garrincha foram contratados pelo clube. A Portuguesa, por sua vez, foi o clube que mais enfrentou o Corinthians no estádio. A primeira partida entre os dois times aconteceu no dia 24 de novembro de 1940. Desde então, foram 153 jogos, com 80 vitórias do Corinthians, 40 empates e 33 derrotas.

Mantendo seu histórico de protagonismo na cidade, hoje o estádio é palco de um hospital de campanha, que está auxiliando no combate ao coronavírus. Vale lembrar que, desde janeiro, o local passou a ser administrado pelo consórcio Allegra, que pagou R$ 115 milhões pelo direito de gerir o espaço pelos próximos 35 anos. Uma das principais alterações previstas no palco esportivo é a demolição do tobogã, arquibancada inaugurada no início da década de 1970. No seu lugar será erguido um prédio de cinco andares, com 44 mil metros quadrados de área construída.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários