Conselho técnico da Série A arrow-options
Lucas Figueiredo / CBF
Conselho técnico da Série A

Depois de aproximadamente quatro horas de debate, a maior parte dos clubes das principais divisões do Brasileirão decidiu que ampliará por mais dez dias o período de férias dos jogadores . Por ora, Flamengo, Vasco e Botafogo são exceções porque aguardam desenrolar das conversas com a Ferj.

Leia também: Apesar da pandemia, presidente da FPF garante conclusão do Paulistão

Com a esticada nas férias até 30 de abril , os atletas e comissões técnicas completarão os 30 dias previstos por lei e deixam de ter direito aos 10 dias que foram inicialmente prometidos para o fim do ano, no período entre Natal e Révellion.

Estrategicamente, a decisão é importante para a CBF porque assim é possível traçar modelos de calendário considerando como úteis o período todo de dezembro. Não é absurdo imaginar um boxing day no Brasil, a exemplo do que acontece na Inglaterra: jogos em 26 de dezembro.

Nesse cenário, os clubes e a CBF admitem a possibilidade de que haja partidas com intervalo menor do que 66h entre elas, caso seja necessário, para acoplar todas as competições.

Dentro desse contexto também estão medidas sanitárias a serem tomadas para a retomada do futebol - ainda sem data.

- Começamos agora a discutir um protocolo mais amplo. Não tem como dizer quando é que volta. É como volta. Treinos separado, com protocolo, a partir daí avançando em primeiros jogos com portões fechados dos estaduais. Nas principais competições, já estariam abertos - disse o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, um dos integrantes da Comissão Nacional de Clubes.

    Veja Também

      Mostrar mais