Lance

Lance

Cavani
PSG/DIVULGAÇÃO
Cavani

A declaração de Diego Lugano sobre a possibilidade de levar o amigo Edinson Cavani para o São Paulo movimentou a torcida do clube nas redes sociais. É um sonho impossível? O técnico Fernando Diniz acha que não.

- Não existe utopia. As condições para se trazer um grande jogador, no futebol brasileiro, já aconteceram algumas vezes. Quem imaginou que o Ronaldo Fenômeno ia vir para o Corinthians naquela ocasião? Quem imaginou que o Daniel Alves ia aparecer no São Paulo? Quanto ao Daniel não ter mercado na Europa é mentira, porque ele tinha mercado e tem mercado até hoje, é um cara que produz. E pelo que está jogando no São Paulo a tendência é que o mercado se abra cada vez mais, apesar da idade. Em relação ao Cavani, sempre há uma possibilidade. Não sei se o São Paulo vai trazer ou não, essa engenharia financeira é sempre difícil, mas às vezes as coisas acontecem. Se ele pudesse vir todos ficaríamos felizes - disse Diniz, à TV Gazeta.

- Sempre tem (lugar no time). Um jogador desse nível, que está praticamente no auge da carreira, jogando bem constantemente. Qualquer um gostaria de ter o Cavani no time.

Cavani está com 33 anos e deixará o Paris Saint-Germain na janela do meio do ano. Apesar da declaração deste fim de semana, o próprio Lugano já declarou outras vezes que é "economicamente impossível" trazê-lo. Os dois, no entanto, são amigos muito próximos e conversam frequentemente sobre essa possibilidade. Se Cavani decidir retornar à América do Sul independentemente das ofertas que chegarem da Europa, a situação torna-se mais factível. Competir com cifras de fora é muito difícil.

O São Paulo fechou 2019 com déficit de R$ 156 milhões e, com a paralisação dos campeonatos devido ao coronavírus, tem sofrido para fechar as contas, tanto que suspendeu 50% dos salários e congelou os direitos de imagem dos atletas enquanto a situação não se normaliza. O clube ainda busca parceiros para auxiliar no pagamento a Daniel Alves e aliviar os cofres, além de ter a necessidade declarada de vender algum jogador no meio da temporada.

    Veja Também

      Mostrar mais