Lance

Durante sua participação no podcast 'posse de bola', Mauro Cezar Pereira iniciou um debate sobre a diferença de tratamento com cada jogador pelo seu perfil fora de campo e usou dois craques brasileiros como exemplo. O jornalista afirmou que comparar Kaká e Ronaldinho Gaúcho, ambos no auge, é 'brincadeira' e que o Bruxo conseguiu ser melhor jogador do mundo com 'preguiça'.

Leia também: Ronaldinho é transferido para prisão domiciliar no Paraguai

Ronaldinho arrow-options
Reprodução / FIFA
Ronaldinho



- Havia discussão sobre quem era melhor, Ronaldinho ou Kaká. É brincadeira, né? Ronaldinho Gaúcho e Kaká no auge, o Kaká teve que capinar sentado para um dia conseguir jogar além do que se imaginava, e ele merece todos os elogios por isso, foi eleito o melhor do mundo. O Ronaldinho com preguiça conseguiu ser melhor do mundo - disse Mauro.

Leia também: Como Ronaldinho Gaúcho pagou a fiança milionária para sair da cadeia no Paraguai

Mauro acredita que Ronaldinho deixou de ser o maior da história do futebol por sua falta de comprometimento, enquanto Kaká foi determinado e contou com um melhor tratamento midiático em sua carreira.

- Tivesse um pouquinho da determinação que o Kaká teve no seu auge da carreira e o Ronaldinho podia ter sido muito maior. Mas o Kaká é mais midiático, aquele garotão bonitinho e tal, o outro, todo diferentão, p**** louca, não tem a mesma aceitação. E o Romário eu acho que entra um pouco nisso também. Se fosse mais comportadinho ou então bem relacionado como outros grandes jogadores do passado, que dominam a imprensa, inclusive, o Romário não sofreria essa ação constante de desconstrução da sua história - finalizou Mauro.

    Veja Também

      Mostrar mais