Obi Mikel com a camisa da Nigéria
Claudio Villa/Getty Images
Obi Mikel com a camisa da Nigéria

O nigeriano John Obi Mikel confirmou que está conversando com o Botafogo para reforçar o clube depois da pandemia do novo coronavírus. Em entrevista à ESPN dos Estados Unidos, porém, o meio-campista disse que ainda está pensando se aceitará a proposta do clube brasileiro.

– Sim, há um interesse e, sim, temos negociado. Mas ainda não sei. Ainda estou pensando sobre isso. Não estou certo – afirmou o jogador.

Aos 32 anos, Mikel está sem clube desde fevereiro, quando deixou o Trabzonspor, da Turquia, por não se sentir confortável em campo durante a crise da Covid-19.

Antes, o nigeriano defendera o Tianjin TEDA, da China, e o Middlesbrough, da Inglaterra. Seu momento de maior relevância, porém, foi durante a passagem de mais de uma década pelo Chelsea, de Londres, entre 2006 e 2017.

Obi Mikel não é o primeiro meio-campista africano a entrar no radar do Botafogo nesta temporada. Antes, os alvinegros tentaram a contratação do marfinense Yaya Touré, de 36 anos, cujo último clube fora o Qingdao Huanghai, da China.

Depois de muitas reuniões com o diretor do Botafogo Ricardo Rotenberg, Touré decidiu não aceitar a proposta. Segundo a imprensa europeia, isso se deu porque a mulher do jogador não quis morar no Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários