Lance

O torcedor do Cruzeiro tem tido muitas dores de cabeça nos últimos meses com a descobertas das falcatruas na gestão Wagner Pires de Sá, que resultaram em um amargo, mas inédito rebaixamento à segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Leia também: Coronavírus: Conmebol abre debate sobre protocolo médico no futebol

Montillo arrow-options
Divulgação/Tigres
Montillo



E, em 2020, a Raposa tenta se recuperar e com a parada de futebol devido à crise do coronavírus, que travou o planeta na economia e também na luta para manter vidas com a Covid-19 atingindo milhares de pessoas.

Leia também: Após morte da mãe, Guardiola voltará à Inglaterra e aceitará redução salarial

Por isso, em tempos sem bola, o cruzeirense pode lembrar 10 vezes em que o clube superou as grandes forças do futebol brasileiro em jogos decisivos.

O ex-meia de Cruzeiro, Santos e Botafogo, Walter Montillo , perdeu o pai e o avô, ambos com suspeitas de contágio pelo coronavírus . A informação do falecimento dos parentes do jogador foi revelada em nota pela Universidad de Chile, clube onde Montillo tem história e está defendendo atualmente.

Todavia, ainda são suspeitas, pois os exames no pai e no avô do jogador foram feitos, mas ainda não foram divulgados para a confirmação da Covid-19. 

O pai do meia, Walter Óscar, foi hospitalizado após sentir problemas respiratórios, de acordo com o clube chileno. Mesmo com o esforço dos médicos, ele veio a falecer nesta terça-feira, 7 de abril, no Chile.aos 60 anos. O avô do jogador, Óscar, de 91 anos, morreu na semana passada, também apresentando dificuldades respiratórias, sintomas da Covid-19.

-Enviamos nossas condolências aos familiares e pessoas próximas de Walter Montillo, que hoje sofreu o sensível falecimento de seu pai, Walter Óscar, desejo que se soma pelo falecimento de seu avô Óscar, durante os últimas dias- dizia a nota emitida pela La U.

O Cruzeiro também se manifestou e lamentou a perda do jogador.

-O Cruzeiro Esporte Clube lamenta profundamente a morte do Sr. Walter Óscar Montillo, pai do nosso ex-atleta Montillo. Ficam aqui nossos votos de respeito e sentimentos neste momento de dor profunda. Muita força para você, Montillo-dizia o texto para o argentino, de 36 anos.

Leia também: Médico de clube francês comete suicídio após testar positivo para Covid-19

Montillo jogou pela Raposa entre 2010 e 2012, fazendo 144 jogos, com 36 gols marcados, além de 36 assistências. Em seguida, defendeu o Santos e Botafogo no futebol brasileiro, tendo boas atuações, mas sem o mesmo brilho da época da Raposa. 

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais