Ronaldinho Gaúcho segue preso no Paraguai
Reprodução/ Twitter
Ronaldinho Gaúcho segue preso no Paraguai

Dois policiais presos no Paraguai, um por assalto e outro por homicídio, destronaram Ronaldinho Gaúcho em uma partida de futevôlei organizada na 'Agrupação Especializada', prisão em que o ex-craque está preso ao lado do irmão, Roberto Assis, desde o início do mês por tentar entrar no país com documentos falsos.

Leia mais: Ronaldo Fenômeno fala de sobre prisão de Ronaldinho "Mal entendido"

As imagens de Ronaldinho jogando futevôlei no local viralizaram na última segunda-feira e mostram o brasileiro em um campo de areia na prisão. Segundo o 'ABC Color', ele foi derrotado em várias partidas para a dupla de policiais.

Seus adversários, por sua vez, eram Yoni David Mereles Martínez, de 33 anos, e Édgar Ramón Ramírez Otazú, de 36, que foram presos na 'Agrupação Especializada', em 2007.

Ronaldinho jogando futevôlei na prisão
Reprodução
Ronaldinho jogando futevôlei na prisão

Nas imagens, Yoni usa a camiseta do Cerro Porteño e cumpre pena de dez anos por roubo na empresa Prosegur. Já Edgar foi condenado por disparar um tiro na cabeça de Fabio Ramón Cuenca Giménez, após um festival no município de Mbuyapey.

    Veja Também

      Mostrar mais