Lance

Lance

Ronaldinho Gaúcho ao lado da empresária Dalia López
Reprodução / Instagram
Ronaldinho Gaúcho ao lado da empresária Dalia López

A empresária Dalia López , que teve sua ordem de captura decretada na última quarta-feira, pode estar se escondendo em território brasileiro. Osmar Legal, promotor envolvido na investigação sobre o uso de documentos falsos de Ronaldinho e Assis, informou que o Ministério Público do Paraguai recebeu a informação de que Dalia teria fugido para o Brasil .

Leia mais: Com churrasco e futebol, detentos tentam animar Ronaldinho na prisão

O promotor, no entanto, não revelou se foi pedida a colaboração da polícia brasileira para buscar a empresária. Na última quarta-feira, Dalia não compareceu a uma audiência na qual ela seria informada oficialmente de todas as acusações contra ela em processo aberto a pedido do Ministério Público.

Segundo seus advogados, a empresária não compareceu por ter diabetes e hipertensão, entrando assim no grupo de risco do novo coronavírus.No entanto, a Justiça paraguaia entendeu que não haveria risco de contaminação no local da audiência e afirmou que tomou todas as medidas necessárias para prevenção no avanço do vírus. Com isso, Dalia foi declarada 'rebelde' e teve sua ordem de captura decretada.

A Justiça paraguaia, no entanto, entendeu que não haveria risco de contaminação porque todas as medidas determinadas pelo governo foram tomadas no local da audiência para tentar impedir o avanço do vírus. Não haveria risco de contaminação. Assim, ela foi declarada "rebelde" e teve a ordem de captura expedida. Os advogados da empresária trabalham na apelação contra a decisão.

Ronaldinho e Assis estão em prisão preventiva, em Assunção, por porte e uso de documentos públicos com conteúdo falso. Dalia foi processada por produção e uso de documentos paraguaios com conteúdo falso e associação criminosa. As autoridades também suspeitam de envolvimento com lavagem de dinheiro, crime negado por sua defesa.

    Veja Também

      Mostrar mais