Lance

Tiago Volpi sofreu pequena fratura na mão direita arrow-options
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Tiago Volpi sofreu pequena fratura na mão direita

O goleiro Tiago Volpi teve diagnosticada uma pequena fratura na mão direita, após receber uma pancada na vitória do São Paulo por 3 a 0 sobre a LDU-EQU, na última quarta-feira, pela Libertadores. O jogador passou por exames nesta quinta-feira e será desfalque para Fernando Diniz no clássico deste sábado, contra o Santos, no Morumbi. O casa não requer cirurgia no local.

Leia também: Conmebol decide suspender jogos da Libertadores da próxima semana

Aos seis minutos do segundo tempo, na partida diante do time equatoriano, Tiago Volpi saiu do gol para afastar um cruzamento e recebeu uma pancada de um jogador adversário, que o fez sentir dores na mão direita . O arqueiro precisou receber atendimento por duas vezes, tentou continuar no jogo, porém pediu substituição para não prejudicar a equipe, que já vencia por 2 a 0.

Nesta quinta-feira, Volpi passou por exames de imagem para detectar o grau da lesão e o resultado foi uma pequena fratura , que requererá procedimento cirúrgico para corrigir. Ele ainda deve ser submetido a novos exames, mais especificamente uma tomografia, já que a região é de difícil análise. Dessa forma, haverá uma observação mais detalhada da lesão para o tratamento.

Com o diagnóstico, Volpi está fora do clássico deste sábado, contra o Santos, pelo Paulistão, mas não estaria descartado para enfrentar o River Plate, na próxima terça-feira, caso a partida não tivesse sido cancelada pela Conmebol, por conta das medidas preventivas contra a disseminação do coronavírus. Com esse espaço no calendário, será facilitada a recuperação do goleiro.

Sem o camisa 1 do Tricolor, a opção de Fernando Diniz para o gol é Lucas Perri, que entrou no lugar de Volpi na última quarta-feira, contra a LDU. Aos 22 anos, o jovem goleiro formado na base de Cotia, fará contra o Peixe apenas seu terceiro jogo como profissional do clube. O terceiro reserva do elenco é Junior e o quarto é Thiago Couto, ambos também são crias são-paulinas.

    Veja Também

      Mostrar mais