Cristiana Brittes
Instagram
Cristiana Brittes

Cristiana Brittes, esposa de Edison Brittes, assassino confesso de Daniel, afirmou que foi importunada sexualmente pelo jogador e que não participou do crime cometido pelo seu marido.

“Quero deixar bem claro que eu não agredi, não bati, não matei o Daniel. Não participei de nada. Fui vítima do Daniel. Fui a primeira vítima daquela noite. Fui Importunada sexualmente, ele veio sem ser convidado, entrou no meu quarto, tirou as calças, subiu na cama e me importunou sexualmente. Eu fui presa sem ser encostado nele”, disse em entrevista ao Conexão Repórter, do SBT.

“Ele (Daniel) estava em cima de mim, pegando nos meus seios, de cueca, com o pênis de fora, se esfregando em mim. Neste momento eu não entendendo que estava acontecendo. Daí eu gritei e pedi socorro e depois não sei mais descrever mais o que aconteceu”, afirmou.

Daniel mandou fotos ao lado de Cristiana Brittes logo após gravar um áudio para amigo
Reprodução
Daniel mandou fotos ao lado de Cristiana Brittes logo após gravar um áudio para amigo

Cristiana contou também que evita pensar nos acontecimentos daquele dia, e lamentuou as consequências do crime cometido por Edison em sua vida.

“Muito triste, procuro não pensar que meu marido, pais das minhas filhas fizesse isso, tomado por raiva, por ódio, mas procuro não pensar, nunca quis saber como foi e nem quero saber”, disse.

“Muita dor, muito sofrimento. Minha vida foi destruída naquele dia também. Minha vida de certa forma acabou naquele dia. Fui presa, perdi praticamente tudo, perdi minha dignidade, minha honra, fui violada como mulher, a minha família foi destruída”, completou.

    Veja Também

      Mostrar mais