Depois de se superar na estreia da Libertadores sem quatro titulares, o Flamengo espera contar com ao menos parte deles a partir do jogo de sábado, contra o Botafogo , pela Taça Rio.

Flamengo arrow-options
Nayra Halm/Fotoarena/Agência O Globo
Flamengo deve ter retorno de lesionados


A certeza é a volta de Willian Arão, que cumpriu suspensão contra o Junior Barranquilla. Enquanto isso, Bruno Henrique, Rafinha e Rodrigo Caio não viajaram, preservados para dar andamento ao trabalho de transição física, que começou no sábado.

A expectativa do departamento médico é ter o trio à disposição no clássico, e prepará-lo para a segunda partida da Libertadores, na quarta-feira, contra o Barcelona (EQU), no Maracanã.

Rodrigo Caio, que sofreu uma lesão muscular no adutor da coxa esquerda, evoluiu bem nos últimos dias e tem chances de ser titular contra o Botafogo.

Ambos se lesionaram na partida de ida da Recopa, contra o Independiente del Valle, no Equador.

Com desgaste muscular que se transformou em lesão mais leve, Rafinha também está pronto para retornar. Ele sentiu o problema depois da Recopa.

O caso de Bruno Henrique, que sofreu um estiramento no ligamento colateral do joelho direito, inspira cuidados, mas o atacante também tem gradativa melhora e sua utilização dependerá da decisão do técnico Jorge Jesus.

Em função das ausências na Libertadores, o português optou por João Lucas, Gustavo Henrique, Thiago Maia e Vitinho. Como a prioridade é competição sul-americana em relação ao Estadual, a partida contra o Botafogo deve reunir um time misto, caso se confirme algum desgaste físico em quem atuou na Colômbia.

O Flamengo chegou de viagem na manhã desta quinta-feira, se apresenta nesta sexta, quando fará reavaliações físicas para Jesus saber quem poderá relacionar para o jogo de sábado no Maracanã.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais