Lance

Lance


Cruzeiro e Atlético-MG vão fazer o clássico mineiro no Mineirão
Mineirão/Divulgação/Twitter
Cruzeiro e Atlético-MG vão fazer o clássico mineiro no Mineirão

Em reunião para acertar os trâmites do clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro, no próximo sábado, 7 de março, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, representantes de Galo e Raposa estiveram reunidos na sede da Federação Mineira de Futebol(FMF) com dirigentes e membros da Polícia Militar Mineira.

Entre as decisões do encontro, se resolveu sobre a carga de ingressos do jogo, ficando 90% para a torcida atleticana, pois o alvinegro é o mandante e 10% para os cruzeirenses, o que dará 6 mil ingressos destinados ao clube azul.

Todavia, o que mais chamou a atenção foi a proibição da PM, por motivos de segurança segundo a corporação, da torcida atleticana de levar itens de provocação ao rival, fazendo alusão ao rebaixamento do rival à Série B do Campeonato Brasileiro.

A Polícia Militar determinou que os torcedores atleticanos não poderão entrar no Mineirão com faixas e até mesmo a letra “B”, remetendo à queda do rival para a segunda divisão nacional. Outras ações como cantos, áudios ou vídeos em referência ao rebaixamento celeste também foram proibidos pela PM.

-A Polícia Militar determina que não sejam executados cânticos e vídeos provocativos no sistema de áudio e vídeo do Mineirão como, determina a proibição de entrada de qualquer artefato que tenha a imagem com a letra B. 0 Atlético não concorda com a proibição da PMMG. A ironia e as manifestações legítimas do torcedor não podem sofrer limitações pelo poder público, o clube espera que o Ministério Público atue para defender a manifestação do torcedor- diz o texto da ata da reunião na FMF.

Os representantes do Atlético-MG não aceitaram bem a resolução e o vice-presidente do Galo, Lásaro Cândido da Cunha, usou sua conta no Twitter para expressar o descontentamento do alvinegro, além de considerar a medida da PM como “censura’ e ‘ilegal”. Lásaro disse que o Galo pode recorrer ao Ministério Público para reverter a proibição. 

-A PM proibiu o torcedor do Atlético de portar no jogo de sábado qualquer 'artefato' que tenha a imagem da ‘letra B’. Trata-se de proibição ilegal. O Atlético vai oficiar para que o Ministério Público tome as medidas legais urgentes para impedir essa censura absurda- postou o dirigente.

Já o representante do Cruzeiro na reunião, Benecy Queiroz aprovou a medida e parabenizou a PM.

-É uma questão de segurança. Como é responsável pela segurança, a PM determinou isso. Temos de parabenizar a ação da PM para que todos tenham segurança para ver um grande espetáculo no estádio-disse o superintendente administrativo do clube celeste.

Outras medidas do clássico

A carga total de ingressos para o clássico é de 60 mil ingressos, sendo 10% para o visitante, Cruzeiro, que terá de fazer a compra da sua parte para revenda até 24h após a reunião, mesmo prazo o Atlético repassar as entradas.

O acesso do torcedores do Cruzeiro no Mineirão será pela rampa de integração do Mineirinho com o estádio e dentro do Gigante da Pampulha, ficarão nos setores superior roxo (portões B, 310, 311 e 312), superior amarelo (portões 313 e 314) e inferior Amarelo (portões 112, 113 e 114).

A entrada de torcidas organizadas do Cruzeiro, Pavilhão e Máfia Azul, não será permitida, pois estão banidas por medida educativa da Polícia Militar. As outras organizadas, tanto de Galo, quanto da Raposa, não poderão portar bandeiras, faixas e instrumentos.

Nos camarotes, os torcedores do Cruzeiro não poderão a camisa do clube e de outros times das Séries A e B. A Minas Arena, administradora do estádio, diz que não adotará a medida.

Bandeiras, mastros proibidos e organizadas a 5km do Mineirão

- Está proibida a entrada de mastros, bandeiras, faixas e instrumentos de todas as torcidas organizadas de Atlético e Cruzeiro. O motivo é a ausência de apresentação do Cadastro organizado das T.Os.

- Torcidas Organizadas do Atlético autorizadas a entrarem no estádio: GDR Alvinegra, Força 13, Dragões da FAO, Fúria Alvinegra, Movimento 105 Minutos, Velha Brigada, Galo Metal, Camisa 13 e Galoucura.

- Torcidas Organizadas do Cruzeiro autorizadas a entrarem no estádio: Rapozama, China Azul, NAV, Geral Celeste, Torcida Jovem e Mancha Azul.

- Devido ao banimento por parte do MP, as organizadas Máfia Azul e Pavilhão seguem impedidas de entrarem em estádios nas partidas do Cruzeiro. Além disso, elas não podem ocupar um raio de 5km de proximidade do Mineirão; também é proibida a entrada com qualquer objeto que identifique uma dessas torcidas, tanto no estádio quanto no raio de 5km.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários