Lance

Lance

Lúcio de Castro, ex-comentarista da ESPN
Reprodução
Lúcio de Castro, ex-comentarista da ESPN

O ex-ESPN Brasil Lúcio de Castro venceu a emissora na Justiça e terá reconhecido direitos trabalhistas pendentes. O jornalista entrou judicialmente contra o canal esportivo sobre vínculos empregatícios e pagamento de horas extras, férias, décimo terceiro e direitos previstos. Decisão ainda cabe recurso.

O processo, que correu no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, não constava um valor fixo a ser pago e caminhava a ação desde 2017 na Justiça. Lúcio deve receber 1/3 de férias, FGTS com indenização de 40% e valores adicionais, segundo o "UOL".

Lúcio foi repórter da ESPN Brasil entre 2010 a 2015 e fez parte de programas esportivos o "Bate Bola". Além dele, o narrador Dudu Monsanto participou das transmissões da emissora esportiva por 14 anos e cobra na Justiça Trabalhista cerca de R$1,6 milhão.

Outro nome que recorre por ações trabalhistas é Juliana Veiga, foi à Justiça pedir pagamento de quase 1 milhão de reais por direitos trabalhistas. Lúcio venceu em primeira e segunda instância, e a emissora recorreu em todas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários