Cristiana Brittes
Instagram
Cristiana Brittes

Cristiana Brittes, esposa de Edison Brittes, assassino confesso do jogador Daniel, foi isentada da acusação de homicídio, e deve processar o espólio da ex-atleta pedindo uma indenização, conforme informou o advogado Claudio Dalledone Junior, que a defende no caso.

A defesa de Cristiana sustenta que ela foi vítima de um crime sexual quando Daniel compartilhou suas fotos íntimas sem autorização.

"Ela foi importunada sexualmente, ela teve a imagem dela defasada por esse sujeito, ela é vítima de crime do sujeito. A situação que se desenrolou, ela terá suas justificativas de esclarecimento", afirma.

"Mas o reconhecimento de parte do poder judiciário de que Cristiana não participou do homicídio é dizer, com todas as letras, que o jogador Daniel importunou sexualmente, cometeu crime, sim, e a ação dele desencadeou esse outro absurdo que foi, infelizmente, o assassino de sua pessoa", defende Dalledone.

Relembre o caso

caso daniel
Reprodução
Morte do jogador Daniel: atleta tirou foto com Cris Brittes e mandou para amigo

Daniel foi morto no dia 27 de outubro, em São José dos Pinhais , na Região Metropolitana de Curitiba. O corpo do jogador foi encontrado com o órgão sexual mutilado, perto de uma estrada rural na Colônia Mergulhão. Edilson Brittes, que confessou ter assassinado o jogador, alega que ele tentou estuprar sua esposa. 

 Os réus

  • Edison Brittes Júnior  : acusado de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor e coação no curso do processo;
  • Cristiana Brittes  : acusada de homicídio qualificado por motivo torpe, coação do curso de processo, fraude processual e corrupção de menor. Ela responde em liberdade;
  • Allana Brittes  : acusada de coação no processo, fraude processual e corrupção de adolescente. Ela conseguiu habeas corpus e responde em liberdade;
  • Ygor King  : acusado de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor. Responde em liberdade;
  • Eduardo Henrique da Silva  : acusado de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor. Ele é primo de Cris Brittes e responde em liberdade;
  • David William Vollero Silva  : acusado de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de menor e denunciação caluniosa. Responde em liberdade;
  • Evellyn Brisola Perusso  : acusada de denunciação caluniosa, fraude processual, corrupção de menor e falso testemunho. Responde em liberdade.

    Veja Também

      Mostrar mais