Lance

Lance

Flávio Roberto Ribeiro sorri após o final da partida
Reprodução / Premiere
Flávio Roberto Ribeiro sorri após o final da partida

A equipe de arbitragem do empate por 1 a 1 entre São Paulo x Novorizontino, no Morumbi, foi afastado pela Federação Paulista de Futebol (FPF). O juiz Flávio Roberto Mineiro Ribeiro, de 24 anos, foi bastante criticado pelos jogadores e diretoria do Tricolor pela não marcação de dois pênaltis, e, principalmente, por dois gols anulados.

Na manhã desta terça-feira (4), a FPF, soltou um comunicado onde afirma que "foram identificados quatro erros capitais na arbitragem da partida: dois gols mal anulados e dois pênaltis não marcados, todos a favor do São Paulo Futebol Clube. Os membros da equipe passarão por reciclagem, com apoio psicológico, técnico e físico".

A nota ainda diz que: "A equipe responsável pela partida admitiu os erros e se desculpou por eles. Por fim, a FPF disse lamentar as decisões dos profissionais e ressaltou que erros crassos não serão admitidos."

O diretor-executivo de futebol Raí, logo depois do jogo, foi até a zona mista do estádio para fazer reclamações contra o juiz e avisar que medidas seriam tomadas com a Federação Paulista de Futebol. Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do Tricolor, reclamou da arbitragem nas redes sociais.

Vale lembrar que os gols do jogo saíram no segundo tempo: Higor Leite abriu o placar para o Novorizontino, enquanto o garoto Brenner empatou.

Confira a nota completa da FPF

A Comissão de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol vem a público se pronunciar sobre a arbitragem do jogo São Paulo x Novorizontino, ocorrido nesta segunda-feira (4).

1-) Foram identificados quatro erros capitais na arbitragem da partida: dois gols mal anulados e dois pênaltis não marcados, todos a favor do São Paulo Futebol Clube;

2-) Prontamente, após o jogo, a Comissão de Arbitragem conversou com a equipe do jogo, que admitiu os erros e se desculpou por eles;

3-) Nesta manhã, após reunião, esta Comissão decidiu afastar os membros da equipe de arbitragem da partida por considerar que os erros cometidos são inaceitáveis. Todos os membros da equipe passarão por reciclagem, com as equipes psicológica, técnica e física do departamento;

4-) Aos torcedores, jogadores, comissões técnicas e dirigentes dos clubes, lamentamos os erros cometidos por nossos profissionais. Reiteramos que a Comissão de Arbitragem da FPF trabalha para que as partidas ocorram com a menor interferência da arbitragem, apenas para mediar um grande espetáculo: o futebol protagonizado por seus atletas. Erros eventuais acontecem com todos. Mas erros crassos não são admitidos e deverão ser corrigidos.

    Veja Também

      Mostrar mais