Lance

Lance

Botafogo vence o Vasco pela Taça Guanabara
Reprodução/Twitter
Botafogo vence o Vasco pela Taça Guanabara

Em um jogo agitado, com direito a quatro bolas na trave, o Botafogo venceu o Vasco por 1 a 0 na tarde deste domingo, no Nilton Santos, pela penúltima rodada da fase de grupos da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. O resultado manteve o time comandado por Alberto Valentim vivo na disputa, enquanto a equipe do técnico Abel Braga acabou sendo eliminada - apesar do time, com crias das categorias de base, tendo uma boa atuação. O gol da vitória do Botafogo foi no fim do segundo tempo, com Igor Cássio.

Com o resultado, o Botafogo chegou a nove pontos, na segunda colocação do Grupo A da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. O Vasco , por sua vez, ficou com quatro pontos, no Grupo B, e faltando apenas uma rodada, não consegue mais chegar no Madureira, segundo lugar, que já tem dez pontos. Pela competição, ambas as equipes voltam a campo no próximo domingo - o Alvinegro faz o clássico com o Fluminense, enquanto o Cruz-Maltino duela com a Portuguesa. Antes, na quarta-feira, o Botafogo estreia na Copa do Brasil contra o Caxias, enquanto o Vasco estreia na Conmebol Sul-Americana diante do Oriente Petrolero.

TRAVE, TRAVE, TRAVE, TRAVE!

O primeiro tempo foi bastante movimentado, com chances claras de gol criadas tanto pelo Botafogo, quanto pelo Vasco. Aos oito minutos, o Cruz-Maltino tentou com Andrey de longe. No lance seguinte, a primeira bola na trave da partida: Ribamar passou por Fernando e achou Vinícius, que por pouco não colocou o Vasco na frente do placar. O Alvinegro respondeu à altura aos 16, quando Kanu desviou de cabeça e acertou a trave e quase fez o gol. Luis Henrique, aos 36 minutos, e Vinícius, de novo, agora de letra, aos 43, acertaram novamente a trave. Jogadores foram para o intervalo com o 0 a 0, mas não aquele sem graça e sim um bem disputado - se não fossem as traves, eram quatro gols...

CORRIDA CONTRA O TEMPO

Na volta para o segundo tempo, os jogadores de Botafogo e Vasco administraram mais o ritmo do jogo, depois de toda a agitação de ambos os lados ao longo dos 45 minutos iniciais. Alberto Valentim e Abel Braga mudaram alguns posicionamentos de seus comandados. As chances seguiam sendo criadas, apesar da menor intensidade: aos 12 minutos, Luiz Fernando cruzou pela direita, a bola ia chegar para Luis Henrique livre, mas Cayo Tenório apareceu na hora exata para desviar e evitar o gol do Botafogo. No lance seguinte, o Vasco respondeu: Ribamar teve a chance, mas Marcelo Benevenuto evitou.

NOS ACRÉSCIMOS!

O empate não era bom para ninguém: eliminava o Vasco e poderia resultar na eliminação também do Botafogo, caso o Flamengo derrote o Resende nesta segunda. Por conta disto, no fim, os jogadores dos dois times se jogaram ao ataque. Aos 41 minutos, Caio Lopes se movimentou bem e mandou forte, errando o alvo. E aos 45, o Botafogo, que não dominou ao longo do clássico, fez o 1 a 0 com Igor Cássio e se manteve vivo na Taça Guanabara, eliminando o rival - Alexandre achou Bruno Nazário, que dominou e rolou para Igor Cássio, que bateu, o goleiro Lucão defendeu, mas o rebote foi no peito do próprio Igor, que estufou as redes. Vitória na garra e com justiça.

    Veja Também

      Mostrar mais