RIO — Uma briga entre torcedores de Flamengo e Vasco, no início da noite desta quarta-feira, na Praça do Barreto, em Niterói, deixou duas pessoas feridas. Lucas Vasconcelos Ponce Pasini, de 27 anos, foi golpeado na cabeça com um bastão de madeira e levou um tiro na perna esquerda. Ele foi atendido no Hospital estadual Azevedo Lima, também em Niterói, e já teve alta.Yuri Silva de Alvarenga, de 25 anos, também se machucou durante o tumulto. Trinta pessoas foram detidas.

Leia também: A web está tentando entender o vídeo de Lucas Lima no Instagram de Snoop Dogg

Flamengo arrow-options
Alexandre Durão/Código 19/Agência O Globo
Flamengo bateu o Vasco


Um vídeo que circula em redes sociais mostra o momento em que um grupo de pessoas chega correndo à praça. As imagens foram feitas de um ônibus. Passageiros, assustados, pedem que o motorista deixe o local.

Leia também: Organizadas do Internacional são alvos de operação policial

De acordo com informações do 12º BPM (Niterói), Lucas estava na praça quando começou um tumulto entre as torcidas. De acordo com os PMs, torcedores do Flamengo, vindos de São Gonçalo, invadiram o local portando com paus e pedras, iniciando uma briga generalizada.

Após o tumulto, os detidos foram levados para a 76ª DP (Centro de Niterói). Contra um deles havia um mandado de prisão em aberto em aberto, pois ele estava foragido do sistema prisional.

Nesta quarta, Flamengo e Vasco se enfrentaram no Maracanã. O Rubro-negro derrotou o Cruz-Maltino por 1 a zero. A briga ocorrida no Barreto foi antes da partida.


Vandalismo em trens

A SuperVia informou que registrou novos casos de vandalismos por torcedores após o jogo Vasco x Flamengo. De acordo com a concessionária, dois trens extras para Japeri tiveram quatro janelas arrancadas e um trem extra para Santa Cruz sofreu vandalismo em dez janelas, que ficaram destruídas. As composições avariadas foram retiradas da grade e enviadas à oficina para a reposição das janelas. Nesses casos, a previsão de reparos é de 48h.

Leia também: Integrantes de torcidas organizadas do Cruzeiro são presos em Minas

Hoube também um caso de furto. Segundo a SuperVia, um passageiro furtou uma câmera de segurança na plataforma quando um trem extra que seguia para Santa Cruz parou na estação Méier.


    Veja Também

      Mostrar mais