Operário-MT desiste de contratar o goleiro Bruno arrow-options
Reprodução
Operário-MT desiste de contratar o goleiro Bruno

Após sofrer protestos e perder patrocínios, o Operário-MT desistiu de contratar o goleiro Bruno. Por meio de uma nota, o clube anunciou que o negócio envolvendo o ex-jogador do Flamengo não será concretizado.

Leia mais: Goleiro Bruno sofre protestos por parte de torcedoras do seu novo clube

"Pelo presente, viemos informar que a diretoria do Clube Esportivo Operário Várzea Grandense não contratará o atleta Bruno Fernandes das Dores de Souza", escreveu o clube em comunicado divulgado nesta quarta-feira (22).

Na última terça-feira, durante a partida entre Operário e Poconé, válida pelo campeonato estadual do Mato Grosso, torcedoras do Operário protestaram contra a contratação de Bruno , aos gritos de “quem contrata um feminicida, apoia o feminicídio”. Além de se manifestarem verbalmente, as torcedoras também levaram cartazes contra o goleiro. Um deles dizia: “Respeitem as mulheres. Goleiro Bruno não!”.

Torcedoras protestaram contra a contratação do goleiro Bruno arrow-options
Twitter/Reprodução
Torcedoras protestaram contra a contratação do goleiro Bruno



Bruno , de 35 anos, cumpre pena em regime aberto, após ser condenado pela morte de  Eliza Samúdio . O crime aconteceu em 2010.

    Veja Também

      Mostrar mais