Alexandre Campello%2C presidente do Vasco arrow-options
Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Alexandre Campello, presidente do Vasco

A reportagem do jornal "O Dia" revelou, na última semana, que o Flamengo , como acontece todo início de temporada, dispensou 27 jogadores da categoria de base (do Sub-13 ao Sub-20), entre eles cinco sobreviventes da tragédia no Ninho do Urubu , que completará um ano no próximo dia 8. Mas um desdobramanto do caso chamou atenção nesta segunda-feira (20). Ainda de acordo com "O Dia" , o rival Vasco entrou em contato com os cinco (Caike Duarte Pereira da Silva, Felipe Cardoso, João Vitor Gasparin Torrezan, Naydjel Callebe Boroski Struhschein e Wendel Alves Gonçalves), mas apenas um, que não teve o nome revelado pelo clube, acenou positivamente e acertou verbalmente o acordo, restando ainda preenchimento de formulário.

Leia mais: É oficial! Real Madrid anuncia contratação do meia Reinier, do Flamengo

A reportagem entrou em contato com a assessoria do Vasco , que confirmou a informação. Segundo o funcionário, o clube abriu as portas para os cinco sobreviventes e os convites foram feito da mesma forma para todos, mas apenas um atleta aceitou a oportunidade. Os demais, por já terem empresários, foram receptivos com a ideia, mas vão tentar uma colocação direta em algum outro clube.

    Veja Também

      Mostrar mais