Marilene Dabus arrow-options
Reprodução
Marilene Dabus

Na manhã desta sexta-feira, morreu a jornalista Marilene Dabus, aos 80 anos, conhecida por se tornar a primeira mulher na imprensa brasileira a cobrir futebol e uma das principais setoristas do Flamengo.

Marilene de Aparecida Dabus nasceu em14 de janeiro de 1940, em Caxambu, Minas Gerais,mas era carioca de coração. Ela foi notada pela primeira vez ao participar de um programa de perguntas e respostas na extinta TV Tupi, em 1969, onde respondeu diversas questões sobre o rubro-negro carioca. Logo em seguida, foi convidada por Danuza Leão, mulher de Samuel Wainer, dono do jornal Última Hora, para estrear no veículo como setorista do time.

Durante a década de 1970, teve a carreira marcada por furos jornalísticos como a primeira entrevista com Zico, na época ainda em começa de carreira, e a demissão de João Saldanha do cargo de técnico da Seleção.

Durante os anos 1980, chegou a ser vice-presidente de Comunicações do clube e, como forma de homenagem aos serviços prestados, em 2009, o Flamengo nomeou o espaço voltado à imprensa na sede da Gávea como Sala Jornalista Marilene Dabus.

Recentemente, ela havia sido diagnosticada com um câncer nas cordas vocais; na última terça-feira, dia do aniversário dela, Marilene foi internada com fortes dores e não resistiu.

    Veja Também

      Mostrar mais